Alimentação Saudável

Os nuggets saudáveis e muito crocantes que vão surpreender os miúdos

Esta é uma alternativa nutricionalmente mais interessante às que se vendem nas maiores cadeias de fast food. E com muito sabor.
Cuidado para não comer tudo de uma vez.

Se muitos adultos preferem estes pequenos pedaços de frango crocante a um hambúrguer suculento, no caso dos miúdos a preferência por nuggets é ainda mais vincada. São quase omnipresentes nos menus destinados aos mais pequenos, seja nos restaurantes mais tradicionais como nos das cadeias de fast food. Porém, estas propostas costumam ser muito ricas em calorias e gorduras saturadas.

Esta forma de preparar o frango foi criada na década de 1950 quando por Robert C. Baker — um cientista de alimentos na Universidade de Cornell, em Nova Iorque — criou os primeiros nuggets em laboratório e chamou-lhes chicken crispies. Baker decidiu moer carne de frango com vinagre e sal para que ficasse seca. Depois, adicionou leite em pó e grãos de cereais para ligar a mistura.

A invenção foi um sucesso imediato no norte de Nova Iorque e, em seis semanas, foram sido vendidas mais de 200 caixas em lojas locais. O êxito da nova receita consolidou-se quando, em 1977, o governo federal dos Estados Unidos elencou os alimentos responsáveis pela a obesidade e outras doenças graves e, entre eles, estava a carne vermelha.O s norte-americanos começaram a procurar formas rápidas, baratas e saborosas de comer mais frango, uma carne branca e considerada mais benéfica para a saúde. E foi nesta época que os nuggets ganharam outro destaque.

A popularidade foi tanta que em 1979, a McDonald’s contratou a Tyson Foods para criar uma versão idêntica à pensada por Baker e o McNugget chegou aos restaurantes da cadeia de fast food em 1983, tornando-se num dos maiores fenómenos de vendas da marca — algo que se mantém até hoje.

A textura crocante dos nuggets é extremamente viciante e a dimensão dos pedaços não reflete o aporte calórico de cada um. Uma caixa de quatro nuggets de uma qualquer cadeia de comida rápida tem mais calorias do que um hambúrguer simples da McDonald’s (258).  De acordo com a aplicação Fatsecret, que inclui a composição nutricional de milhares de alimentos, um nugget de frango tem, em média, 48 calorias. Se comer um por semana, por exemplo, estará a ingerir 336 calorias.

Face a estes valores, as versões saudáveis multiplicam-se. A que trazemos hoje é da autoria de Rita Correia, entusiasta da vida saudável, que partilha as suas receitas na sua página de Instagram.

Do que precisa

— 500 gramas de peito de frango ou 4 hambúrgueres de frango
— 1 ovo
— sal q.b.
— limão q.b.
— alhos q.b.
— 1 caneca cheia de corn flakes (com 0 por cento de açúcares)
— especiarias a gosto
— azeite q.b.

Como se faz

Seja qual for a versão da carne que escolher, o primeiro passo é temperá-la com sal, alho e limão e deixar a tomar gosto durante alguns minutos. De seguida, parta os peitos em cubos grandes ou faça bolinhas com os hambúrgueres.

Coloque os corn flakes num saco de conservação e com o rolo da massa passe por cima até ficarem quase desfeitos, mas com alguns pedaços maiores. Passe-os para uma taça e tempere-os com sal e especiarias a gosto. Depois parta um ovo e bata-o. Passe o frango no ovo batido e, de seguida, nos corn flakes.

Num tabuleiro forrado com papel vegetal vá colocando os nuggets, sem os aproximar demasiado uns dos outros. No final, salpicar com azeite e levar ao forno pré-aquecido a 180 graus, cerca de 20 minutos. Nota: vire-os a meio do tempo para que fiquem cozinhados de forma uniforme.

Carregue na galeria para descobrir quantas calorias têm os nuggets disponíveis nas principais cadeias de fast food.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT