Alimentação Saudável

Quer voltar ao trabalho sem estragar a dieta? Siga as dicas desta nutricionista

Há uma década que Sónia Marcelo adotou um sistema simples para lhe facilitar a vida. E todos nós podemos aprender com isso.
São dicas de nutricionista.

Se o verão é sinónimo de pausa numa série de coisas nas nossas vidas, é normal que o regresso ao trabalho possa ser particularmente exigente — e é-o mais ainda quando queremos manter uma alimentação saudável sem nos perdermos.

O regresso ao trabalho já é um desafio por si só: aquele descanso com os horários durante as férias é substituído por novas rotinas. Há todo o trabalho normal para fazer e ainda perceber o que se passou nas semanas anteriores, ver emails, retomar conversas e reuniões. Se já sentiu que era difícil com tudo isto estar ainda a  ter cuidados com o que come, acredita, não está sozinha.

A nutricionista Sónia Marcelo já teve dúvidas destas entre clientes mas também entre seguidores do projeto que mantém online, “Dicas de uma Dietista”. E este é um daqueles casos em que a ajuda que dá é apenas reflexo de uma ajuda que já deu a ela própria.

Para Sónia Marcelo, um pouco mais de organização pode ser o elemento chave que vai fazer a diferença. A NiT quis saber o que resulta com a nutricional que possamos todos aplicar.

“Comecei a pensar o que poderia fazer para simplificar o regresso das férias, a nível alimentar e desde há 10 anos que uso estes truques”, conta-nos. O primeiro passo para uma semana alimentar saudável é não deixar as coisas todas ao acaso: “defino logo qual a ementa que vou fazer”.

Com esta etapa esclarecida, há uma vantagem que se pode usar ainda nas férias e que geralmente não temos do nosso lado quando voltamos ao trabalho: tempo.

A organização ajuda.

Antes das férias faço comida a mais e deixo congelada e gosto também de ir às compras e adquirir bens alimentares que não se estraguem como o arroz, massa, polpa tomate, condimentos… ou seja, só deixo os frescos para comprar no dia do regresso. Adoro este método pois retiro este trabalho à minha semana pós férias“, explica-nos.

Ter alguns pratos ou simplesmente legumes já congelados tem a vantagem de ser um recurso super acessível durante a semana. Já cortados, é só retirar e preparar o prato que se tem em mente. Se for sopa, mais simples ainda. As sopas têm também essa vantagem de poderem dar logo para diferentes refeições. E como o tempo frio até convida mais ao conforto e comodidade de uma sopa quentinha, tanto melhor.

Outro fator que pode ajudar a não perder o rumo de uma alimentação saudável, é tratar também com antecedência de snacks saudáveis: muffins e outros bolos que podem ter versões saudáveis são o tipo de opções que dá para confecionar de forma simples a mais e guardar o que sobra. Assim quando regressar, e até a rotina voltar a estabilizar, vai ter à mão snacks bem mais saudáveis que os bolinhos e salgadinhos que habitualmente vamos buscar à pastelaria do lado.

Para lá da cozinha, mas que é sempre uma vantagem para as coisas não ficarem fora de controlo logo na primeira semana de regresso ao trabalho, passa por tratar também com antecedência de certas tarefas domésticas. Adiantar limpezas e arrumações vai evitar certos dilemas ao fim do dia. Não vai precisar de resolver uma refeição com algo à pressa e pouco saudável. Com a casa arrumada, há até outra margem mental para explorar algumas opções mais criativas na cozinha.

O regresso ao trabalho por vezes faz-se acompanhar de uma maior ansiedade. Se é algo que já enfrentou, acredite, não é caso único. Bem pelo contrário. Aproveite também para ler o artigo da NiT sobre ansiedade no pós-férias, com sugestões de Ana Rita Silva, psicóloga clínica no Hospital CUF Viseu. E atenção: há sinais que vale a pena não desvalorizar.

Já agora. Como lhe dissemos acima, ajuda adiantar algumas coisas e os snacks fazem a diferença. A esse propósito, carregue na galeria e descubra 12 receitas de muffins que se preparam em 5 minutos — e que se comem sem culpa.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT