Alimentação Saudável

Sabe qual é o bombom de Natal mais calórico à venda nos supermercados?

Qualquer um está cheio de calorias e açúcar, mas este consegue chegar às 640 calorias por 100 gramas.
Veja se é o seu favorito.

Bombons de Natal. Ah, bombons de Natal. Chegam sempre por volta da mesma altura, em meados de novembro, e não descansam enquanto não vêm connosco para casa. Independentemente da forma ou do recheio, há sempre alguém que gosta deles. O pior é quando olhamos para o rótulo. 

Aliás, o problema é precisamente o contrário: nunca olhamos para o rótulo. O pensamento é quase sempre “perdido por cem, perdido por mil”, mas não é bem assim. Até entre os bombons desta época, há opções menos más do que outras.

Sejamos sinceros: já devorou sozinho uma caixa de bombons de chocolate, certo? “É só uma”, pensamos na altura, sem pensar como podemos estar a prejudicar a nossa saúde e dieta. A verdade é que estes chocolates são verdadeiras bombas de calorias, gordura e açúcares.

A NiT já revelou qual é o bombom de Natal com menos calorias à venda nos supermercados, ou seja, que dentro das possibilidades, é aquela menos trágica. Desta vez, decidimos procurar aquele que soma mais calorias.

Se costuma comer os bombons Lindor Cornet Branco, faz parte do grupo de pessoas que acaba de apanhar um desgosto. Este bombom da Lindor tem uma textura dupla: cobertura de chocolate branco e recheio cremoso que “derrete lentamente na boca”, pode ler-se na descrição do Continente.

Então, prepare-se: cada 100 gramas destes bombons contém 640 calorias. Há mais dados que deve saber: 50 gramas de gordura (36 são ácidos gordos saturados, 42 gramas de açúcar, 5,3 gramas de proteína e 0,2 de sal.

Uma vez que cada embalagem contém 200 gramas, multiplique estes valores por dois. No caso do valor energético, passam a ser 1280 calorias. Estes chocolates estão à venda por 5,99€.

São de chocolate branco.

E quantas calorias têm os famosos Ferrero Rocher e Mon Chéri?

Acredite ou não, têm menos do que os bombons que falámos antes. Comecemos pelo Ferrero Rocher, que nunca falta na casa dos portugueses durante esta época. O chocolate tem um recheio cremoso de avelãs, revestimento e wafer estaladiço coberto de chocolate e pedaços de avelã. 

Então, 100 gramas de Ferrero Rocher significam 603 calorias, 42,7 gramas de gordura (dos quais 14,1 são saturados), 44,4 gramas de hidratos de carbono (dos quais 39,9 são açúcares) e 8,2 gramas de proteína.

Ainda assim, este chocolate está entre os melhores. Em 2017, a DECO, com a ajuda do chef especialista em chocolate Nelson Félix, classificou-o com cinco estrelas em cinco. Embora também tenha alertado para as calorias, deixou claro que “tem um excelente equilíbrio, recheio e crocância”.

“Sabes o que me apetecia agora? Um belo Mon Chéri com chocolate estaladiço. Quando se trinca, abre-se e tem dentro o calor de um licor e no meio uma cereja fresca. Que me dizes?” — de certeza que se lembra do anúncio de 2000 que inclui esta conversa. Pertence ao Mon Chéri, outro bombom icónico de Natal.

É um bombom de chocolate negro, pasta e manteiga de cacau, açúcar, cereja e licor que faz parte da marca Ferrero. Cada 100 gramas deste significam 455 calorias; 20,3 gramas de gordura (dos quais 13,2 são saturados); 52,8 de hidratos de carbono (dos quais 48,3 são açúcares); três gramas de proteína; e 0,005 de sal. É um valor bastante inferior comparado com os outros, porém, continua a ser um número elevado.

O truque está em comer qualquer um deles com moderação. O mesmo se aplica aos doces tradicionais da época, como as rabanadas e as azevias. Por falar nisso, aproveite e carregue na galeria para descobrir quais são os mais calóricos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT