Alimentação Saudável

Simple: nova marca nacional de snacks proteicos quer ser uma referência no mundo fit

Há chocolates, granolas, barras e até chás que ajudam a dormir, ou a recuperar a imunidade. Já chegou aos hipermercados.
Usam alimentos funcionais.

Frutos secos, bolachas de arroz ou ovos cozidos são ótimos snacks para petiscar ao longo do dia, mas nem sempre nos deixam satisfeitos. E raramente conseguimos arranjar tempo para preparar alternativas mais elaboradas. O ideal seria ter sempre por perto um snack realmente saudável, viciante e sempre precisar de passar horas na cozinha.

A Simple chega para ajudá-lo nesse sentido. “Nascemos no seio de uma empresa familiar, a Farmodiética, que atua na área da saúde, nutrição e do bem-estar há mais de 30 anos”, começa por contar à NiT Renata Pinto, diretora de vendas da marca. Porém, mesmo depois de tantos anos no mercado, trabalhando com suplementos alimentares, perceberam que havia uma lacuna por preencher: soluções para quem procura a alimentação saudável, feitos à base de produtos funcionais.

Começaram por fazer, ainda em 2018, pequenos testes com uma linha de coco, que incluía farinha, óleo, manteiga e açúcar, produzidos à base deste fruto. Este ano decidiram ir mais longe e criaram uma marca de alimentos funcionais.

“São produtos com propriedades nutricionais específicas, naturalmente presentes ou adicionadas, capazes de produzir efeitos benéficos na saúde de cada um”, explica.

Entraram, assim, no mundo das granolas, barras e bolas energéticas, infusões, pastas de vegetais e húmus. “Queremos oferecer refeições simples, saborosas e feitas a partir de ingredientes naturais e sustentáveis.”

Outro grande objetivo era conseguir chegar a todos. “A alimentação saudável é muitas vezes associada a lojas especializadas e os mercados biológicos, limitando o acesso a um grupo restrito de consumidores. Para quebrar essa barreira, comercializamos os nossos produtos nas grandes superfícies, tornando a alimentação saudável uma regra e não uma exceção para todas as famílias.”

Sem corantes, conservantes e açúcares refinados para uma alimentação saudável. Esta era ideia da Simple— nome alusivo à missão que queriam cumprir, a de simplificar. Quanto aos ingredientes, cada trinca conta com ingredientes como “cacau, cereais, frutos secos, sementes, frutas liofilizadas e canela”, assegurando uma experiência saborosa e nutritiva. Outra mais-valia é que a maioria dos produtos são de origem biológica e produzidos no Norte do País.

Quando no final de outubro chegaram oficialmente ao mercado português, apresentaram as barras energéticas. “Ainda que existissem algumas ofertas, não havia muita escolha nacional de raw bars. Os snacks saudáveis têm sido uma tendência cada vez mais procurada, pelo facto de serem práticos e, por isso, uma aposta ganha”, justifica Renata Pinto, sobre o produto escolhido para o lançamento.

A loucura da proteína vegetal

Porém, o grande destaque, “por serem uma inovação”, são os cereais e os chocolates funcionais. “Apresentam um grande potencial por serem um produto diferenciador, enriquecido naturalmente, rico ou cuidadosamente fortificado com vitaminas e minerais, capazes de oferecer benefícios para a saúde, nomeadamente: imunidade, redução do cansaço, função psicológica, produção de energia, formação de colagénio, entre outros.” Para não mencionar que os chocolates fazem a vez de um doce carregado de calorias e açúcar. E há mais pontos positivos. “Os cereais funcionais são 100% naturais, classificam-se com Nutri-Score A, e são ricos em fibra, contribuindo positivamente para a saúde digestiva e para o bem-estar geral”

A marca divide-se em quatro gamas: Simple, Simple bite, Simple tasty e Simple tea. Na primeira encontrámos os primeiros produtos, pensados ainda em 2018, feito à base de coco. A estes juntam-se os rebuçados feitos à base de especiarias e plantas — uma caixa de 25 custa 2,05€.

As barras, as bolas energéticas, os chocolates e os cereais com diferentes propósitos (imunidade, relaxamento, foco, beleza, energia e desporto) encontramos na linha “bite”. Os preços começam nos 1,49€ para os snacks individuais e chega aos 5,49€ para os mueslis e granolas.

Na linha tasty encontra as pastas vegetais e húmus que tanto servem para preparar refeições, como para acompanhar entradas ou pratos mais simples. Há húmus de paprika ou pasta de tomate e manjericão, por exemplo. O preço é igual para todas, 3,49€.

Os chás, à semelhança dos cereais, chegam com diferentes propostas, consoante os objetivos. Há infusões para dormir melhor, para repor os níveis de imunidade, para quem tem problemas de digestão, ou um género de drenante. Cada caixa com 10 saquetas custam 1,89€.

Pode encontrar as sugestões da marca à venda no Continente, no Auchan, no Intermarché, no LeClerc, El Corte Inglés ou online, no site da Simplefoods.

Carregue na galeria para descobrir outros snacks saudáveis de marca branca, sugeridos pela nutricionista Cátia Carvalho da Silva, que custam menos de 3€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT