Alimentação Saudável

Verdes ou pretas: afinal, quais são as azeitonas que mais engordam?

Fique descansado, nenhuma das versões compromete a dieta, desde que sejam consumidas com moderação.
A dúvida vai acabar.

Seja em casa ou nos restaurantes, elas estão sempre a fazer companhia. Também é comum encontrá-las nas saladas e nas pizzas. Estamos a falar das azeitonas que, embora sejam vistas como vilãs das dietas, podem ser benéficas para a saúde e para quem quer emagrecer, desde que sejam consumidas com moderação.

Embora seja um alimento presente nas nossas vidas há muitos anos, é cada vez mais falado na imprensa. A revista “Glamour“, por exemplo, destaca o facto de este alimento ajudar a queimar gordura, graças ao seu alto conteúdo de adiponectina — uma hormona que ajuda a controlar a ingestão alimentar e, por consequência, o peso.

A azeitona também facilita a digestão e pode ser útil para manter a sensação de saciedade. Além disso, é rica em cálcio, magnésio, triptofano e vitamina B6. Portanto, só coisas boas.

Além de todos estes benefícios, segundo a nutricionista Mafalda Rodrigues de Almeida, autora do blogue NiT “Loveat“, o seu consumo é ótimo para a pele e ajuda a diminuir o mau colesterol (LDL), enquanto aumenta o bom (HDL), prevenindo doenças cardiovasculares.

Verdes ou pretas: afinal, quais são as azeitonas que mais engordam?

Mas, se bem se lembra, existem dois tipos de azeitonas: verdes e pretas. Faz ideia de quais é que contêm mais calorias? Segundo a aplicação Fatsecret, que inclui a composição nutricional de vários alimentos, dez azeitonas verdes pequenas significam 42 calorias, enquanto a mesma quantidade de azeitonas pretas contém 36 calorias.

No que diz respeito a gordura, são 4,44 gramas (3,28 é monoinsaturada) contra 3,24 gramas (2,39 é monoinsaturada).

Um estudo feito pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, publicado em 2017, recomenda que a maioria da gordura ingerida, aproximadamente 12 a 20 por cento das suas calorias, seja monoinsaturada. É que enquanto as dietas ricas em hidratos de carbono tendem a aumentar os depósitos de gordura abdominal, as que são ricas neste tipo de gordura fazem com que a gordura seja depositada longe desta zona do corpo.

Para tirar proveito de todas estas vantagens e não comprometer a dieta, a recomendação geral é não ultrapassar as sete unidades por dia.

Agora, carregue na galeria para descobrir cinco receitas deliciosas, sugeridas pela nutricionista Mafalda Rodrigues de Almeida, onde pode incluir azeitonas. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT