Ginásios e outdoor

6 trilhos e caminhadas épicas para fazer em Portugal nas férias

Dos picos mais altos às praias mais frescas, para iniciantes, peritos e até para quem não gosta de aventuras — temos um pouco de tudo.
Pouse os chinelos da praia, calce as botas.

Cinco dias, muitos quilómetros e recordações únicas. É esta a proposta da viagem à Madeira que a Caminhando preparou para um grupo de aventureiros que queiram visitar os picos mais altos, os miradouros mais bonitos e as lagoas mais frescas da ilha. É a solução perfeita para quem gosta de caminhar, ainda não fez férias e guarda o sonho de poder combinar as duas coisas.

Tal como há percursos para todos os níveis de experiência, os trilhos vêm em vários tamanhos e durações. O compromisso não tem que ser tão forte: pode optar por fazer um passeio matinal pelo bosque dos druidas na serra de Sintra, onde os oito quilómetros entre as árvores densas e a neblina são interrompidos apenas para um chá. E sim, pode contar uma ou outra história de terror durante a pausa.

Quem preferir os cenários mais condizentes com a estação, pode aventurar-se pelas escarpas íngremes e impressionantes da Ursa, da Adraga e da Praia Grande — diretamente até ao ponto mais ocidental da Europa continental, o cabo da Roca. E nunca é demais apreciar a beleza do cais palafítico da Carrasqueira, por mais vezes que por lá já tenha passado.

A NiT reuniu seis sugestões de trilhos que o vão tirar do sofá. Carregue na galeria para ver tudo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT