Ginásios e outdoor

A caminhada que revela os segredos do Peneda e Castro Laboreiro

PAssa por bosques, rios, ribeiras e antigos trilhos da Idade Média — e dá a conhecer os novos recantos do Parque Nacional.
Três dias para conhecer Peneda e Castro Laboreiro.

Explorar o Gerês será sempre uma tarefa sem fim à vista, desde logo por causa dos seus 70.290 hectares. Mas o valor da região vai muito além da sua extensão. Situado entre o Alto Minho e Trás-os-Montes, trata-se do único Parque Nacional em território português. É “um mundo à parte em que a atividade humana se integra de forma harmoniosa na natureza”, lê-se no site do Turismo de Portugal.

O primeiro passo pode ser esta caminhada organizada pela GreenTrekker, por Peneda e Castro Laboreiro, que está marcada para 27 a 30 de junho. O ponto de encontra será no Hotel Miracastro, onde os participantes ficarão hospedados.

Por sua vez, a 28 dá-se início ao passeio na vila de Castro Laboreiro, situada na Serra da Peneda. O percurso desenvolve-se pelos antigos caminhos percorridos desde a Idade Média e que ligam as Brandas (situadas a alta altitude e onde se fazem as sementeiras) às Inverneiras (aldeias de baixa altitude onde o povo se refugiava do rigor do inverno). Durante o trajeto passa-se ainda por pontes de arco e calçadas que remontam à época e haverá espaço para atravessar bosques e ribeiros de água. No regresso, o grupo sobe ao Castelo de Castro Laboreiro. Serão cerca de 14 quilómetros, feitos nas seis horas previstas.

No dia seguinte (29), o ponto de partida dá-se na aldeia do Baleiral, que percorre as margens ribeirinhas do rio Peneda e do rio Pomba. Depois de explorar a aldeia de Tibo, grande parte do trajeto faz-se ao longo de um bosque de carvalhais — onde nas encostas é possível observar imponentes fragas de granito, habitat de várias aves de rapina. Espera-se uma paragem na lagoa dos Druidas, ideal para contemplar a beleza do vale do Rio Peneda. Fará 10 quilómetros em cinco horas e que culminam num merecido jantar de grupo.

Por fim, no último dia (30) o grupo irá caminhar o trilho de Pequena Rota, de grande interesse paisagístico, ecológico e cultural. Começa no parque de estacionamento da Peneda, passa por Colado da Fonte, Portas, Bouça dos Homens, Penameda Pequena, Pântano e Meadinha. De entre as principais atrações destaca-se o Pântano de Chã do Monte, que encerra uma deslumbrante lagoa, e a famosa Fraga da Meadinha, com o Santuário da Nossa Senhora da Peneda como cenário de fundo. Serão 11 quilómetros em seis horas.

As inscrições podem ser feitas online, sendo 310€ por pessoa por quarto duplo ou 360€ pessoa num quarto individual. O preço inclui as três noite de alojamento com pequeno-almoço, um jantar de grupo, guia, chá e bolachas durante os passeios e seguros. Não inclui transportes. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT