Ginásios e outdoor

Al-Haram: os banhos árabes com mais de 500 anos onde irá sentir-se um sultão

Ali pode experimentar vários tipos de banhos, massagens e rituais. O bem-estar e o descanso são os principais objetivos.
Ideal para fugir do stress diário.

O hammam, conhecido como banho árabe ou turco, consiste em permanecer num ambiente quente e cheio de vapor para limpar e relaxar o corpo e a mente. São como uma “continuação” dos banhos romanos que se espalharam pelo mundo islâmico medieval, tornando-se, além de um ponto de encontro social, um ritual que “purificava” o corpo e a alma.

Os viajantes que andaram pelos países do Médio Oriente gostaram tanto destes banhos que acabaram por trazê-los para a Europa, onde se tornaram populares em meados do século XIX.

Atualmente, combinam luz, temperatura, som, cheiros e sensações que transportam o utilizador para uma “outra dimensão”, longe do ruído e do stress. Por isso, se está a precisar de desligar da rotina e da correria do dia a dia, Granada, em Espanha, é o lugar ideal para experimentar o hammam. 

A 300 metros da Catedral, na Rua Santa Paula, o Al-Haram tem mais de 500 anos de história. O edifício sofreu inúmeras renovações e remodelações. Construído sobre uma antiga cisterna árabe que servia para fornecer água à zona, hoje retoma o uso da água como um método terapêutico e relaxante. 

Ali poderá experimentar vários tipos de banhos, massagens e rituais (com a duração de 1h30 ou 1h45) que promovem o bem-estar e o descanso absoluto. Nas salas privadas, terá acesso a piscinas de água quente, banhos turcos, tratamentos de sauna a vapor com esfoliantes naturais. Também pode aproveitar as massagens relaxantes e provar diversos chás e doces árabes. Além disso, os visitantes também podem optar pela sala pública, com fontes termais de água a diversas temperaturas (tanto fria como quente), onde poderá escolher banhos básicos e massagens de 15, 30 ou 40 minutos (a zona a massajar e a intensidade são definidas por si).

“O Al-Haram quer relembrar um passado de esplendor e proporcionar a todos os que chegam às nossas instalações um momento de paz e relaxamento. Relembrar uma atmosfera que nos transporta à época de maior esplendor Nazarí (a última dinastia muçulmana que dominou o reino de Granada) e nos faz sentir um autêntico sultão”, lê-se no site oficial.

O espaço está aberto de segunda a quinta-feira, das 16 às 22 horas. De sexta a domingo, o hammam funciona das 12 às 22 horas. Às sextas e sábados, há uma sessão noturna, das 22h30 às 1h15. Não é permitida a entrada a menores de 12 anos e os preços variam consoante o tipo de banho que escolher: entre os 35 e os 80€

Como lá chegar

O aeroporto mais próximo é o de Federico García Lorca Granada-Jaén. Se deslocar de Lisboa, encontra voos com uma escala (duração de 9h50) com preços a partir de 132€. Já se partir do Porto, há rotas com uma paragem (duração de 4 horas) por 139€.

Carregue na galeria para ver mais imagens deste paraíso de banhos árabes.

 

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT