Ginásios e outdoor

As poças termais paradisíacas onde pode tomar banhos aquecidos pelo Vulcão do Fogo

São quatro as pequenas piscinas onde pode relaxar. A temperatura das águas varia entre os 25 e os 39 graus.

Não é por acaso que São Miguel, nos Açores, é conhecida como a ilha verde. As extensas paisagens verdejantes, as florestas místicas e as belíssimas praias de areia vulcânica são algumas das suas maravilhas naturais. A Caldeira Velha é uma área protegida e classificada como monumento natural, está identificada como geossítio dos Açores e localiza-se na vertente norte do Vulcão do Fogo. Por aqui, há uma nascente termal e quatro poças onde pode tomar um banho super relaxante e toda uma paisagem envolvente de cortar a respiração.

“A Caldeira Velha foi classificada como monumento natural devido à sua singularidade geológica. Fica numa zona de falha geológica e, neste vale de falha, existe uma nascente termal e um campo fumarólico (uma fumarola), resultado da existência de um aquífero suspenso, em profundidade, aquecido pelo calor emitido pela câmara magmática do Vulcão do Fogo. Por isso, a água na nascente termal tem uma temperatura de 30 graus. Já as temperaturas na fumarola rondam os 60 a 100 graus”, explica à NiT Tiago Menezes, coordenador do Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha.

São quatro as poças termais onde pode relaxar. Uma localiza-se junto à cascata, com uma temperatura de 25 graus, e as outras três ficam perto da fumarola, o que permite que a temperatura ascenda aos 37 ou 39 graus.

A Caldeira Velha é um local extremamente popular. A única poça que existia junto era a que fica à nascente termal. Em 2013, quando o Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha abriu, criaram mais uma poça — a dos Vimes. Em 2018, foi feita uma nova intervenção e foram construídas mais duas, as dos Fetos.

“A nossa água da nascente termal tem uma composição bicarbonatada-sódica, com diversos metais dissolvidos, como o ferro”, afirma. Ainda assim, Tiago garante que a água não é alaranjada (aliás, tem uma tonalidade entre o azul e o verde claro) e não mancha a roupa de banho. “A higienização das poças é feita com muita frequência. Não temos grandes depósitos de ferro. Ainda assim, recomendamos que as pessoas tragam sempre um fato de banho mais escuro ou velho no sentido de não ficarem com a roupa manchada no caso de existir algum depósito de ferro nas rochas.”

Os banhos termais são bastante utilizados no âmbito das doenças músculo-esqueléticas ou dermatológicas. No fundo, os visitantes têm sempre um sentimento de bem-estar devido à água quente. “Embora possa ter benefícios para este tipo de doenças, estas águas são mais utilizadas para fins recreativos do que terapêuticos”, diz. “Ao contrário dos outros espaços onde podemos tomar banhos termais, a zona onde se encaixam estas poças é natural, portanto, as pessoas estão sempre rodeadas pela vegetação exuberante deste local”, acrescenta.

A Caldeira Velha situa-se numa área de 13 hectares, mas a zona visitável tem apenas 600 metros. As poças têm uma capacidade para receber 100 pessoas em simultâneo. Já na zona envolvente do monumento natural podem estar 150.

Para visitar este espaço, tem duas tipologias de bilhetes disponíveis. Se quiser apenas conhecer o monumento natural e o Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha o preço é de 3€. O valor para o acesso completo (incluindo às poças termais) é de 10€ por adulto. Os miúdos até aos seis anos não pagam, os mais novos dos 7 aos 14 anos e os mais velhos com mais de 65 pagam metade do bilhete.

E se, por acaso, é residente nos Açores, tem acesso gratuito ao monumento e ainda direito aos banhos durante um slot diário de uma hora e meia. Os horários de funcionamento das poças termais variam consoante a altura do ano, por isso, tome nota: de novembro a março, das 9 às 17 horas, de maio a setembro das 9 horas às 20h30 e em abril e outubro, das 9 horas às 18h30. O ideal é adquirir o bilhete através do site — assim consegue ver a disponibilidade para o dia e horário que pretende.

Atualmente, a entidade gestora do espaço é a Secretaria Regional do Ambiente e Ação Climática.

Carregue na galeria para conhecer este pequeno paraíso nos Açores.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT