Ginásios e outdoor

A Baixa de Lisboa foi invadida por pijamas coloridos — as fotos são hilariantes

O Grinch, o Rato Mickey, o Monstro das Bolachas e os Minions não faltaram ao passeio organizado pela Lynx Travel.
Foi um sucesso.

Se andou pela zona da Baixa durante a manhã deste domingo, 20 de novembro, é possível que se tenha deparado com pessoas vestidas com indumentárias que raramente saem de casa. Cerca de 40 corajosos decidiram juntar-se à Lynx Travel para celebrarem o Dia Nacional do Pijama através de um passeio pelo centro da capital. Não é a primeira vez que apostam neste conceito. Tal como as últimas edições, também esta foi um sucesso — as vagas esgotaram.

“O dia acordou soalheiro e um pouco frio, mas com poucas nuvens. Os participantes chegaram ao local do encontro bem dispostos, animados e todos de pijama”, conta à NiT José Dias Pereira, fundador da Lynx Travel, que organiza vários passeios temáticos ao longo do ano — já fizeram um percurso inspirado no Halloween e um outro roteiro bastante assustador.

O percurso começou pelas 10h30 junto à estátua de D. Pedro IV, no Rossio. O percurso de 2h30 passou por algumas das vias mais icónicas da Baixa: rua Augusta; do Carmo; Garrett; largo da Brasileira (no Chiado); Praça de Camões; Cais do Sodré; Praça do Município; Terreiro do Paço; Rua da Prata; Praça da Figueira e, por último, regressou novamente ao Rossio. No total, foram percorridos cerca de cinco quilómetros.

Os pijamas escolhidos — com modelos para todos os gostos — não passaram despercebidos. Vários participantes optaram por uma das novas propostas da Primark verde-alface, o snuddie verde fluorescente do famoso Grinch. Outras personagens de animação também marcaram presença, nomeadamente o Rato Mickey, o Monstro das Bolachas e até um Minion. Os onesies — um espécie de babygrows para adultos — foram uma escolha igualmente popular.

“Ao fim de algum tempo o calor começou a apertar”, recorda José. Alguns sentiram vontade de despirem os pijamas mais quentes, mas não o fizeram para respeitarem o tema do percurso. “No final todos brindámos com chocolates para os miúdos e shots de ginjinha para os adultos. Para o ano há mais”, revela o fundador que também costuma desempenhar o papel de entretainer nas atividades que organiza.

Carregue na galeria e descubra como foi este passeio único por Lisboa.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT