Ginásios e outdoor

Body Attack: a aula que continua a ser a mais eficaz para emagrecer e tonificar

Este treino intervalado conta com movimentos de alta intensidade, como burpees, atividades de força e estabilização corporal.
Queima imensas calorias.

Se já alguma vez fez uma aula de Body Attack, sabe do que estamos a falar. Esta é uma daquelas aulas de onde sai com a sensação de que não esteve parado um único segundo — e as primeiras vezes não são nada fáceis. Por norma, as aulas têm a duração de 55 minutos e aguentar tanto ritmo durante esse tempo todo exige uma boa preparação física.

Este tipo de treino intervalado conta com exercícios de alta intensidade, como burpees, atividades de força e estabilização corporal. Segundo a Les Mills (a empresa que criou a modalidade) estas aulas tonificam o corpo inteiro e queimam até 735 calorias.

À conversa com a revista “Vogue” espanhola, o diretor de atividades dirigidas da cadeia de ginásios David Lloyd Aravaca, em Espanha, explicou que esta é uma das aulas mais completas por “combinar trabalho aeróbico com alguma força, bastante coordenação e uma queima calórica muito elevada.”

Segundo Jorge Herranz, as aulas de Body Attack têm três grandes benefícios: o trabalho muscular (que previne lesões e acelera o metabolismo); trabalho cardiovascular (que previne doenças); e trabalho de estabilidade, especialmente nos joelhos e tornozelos.

Apesar de ser uma das aulas de ginásio mais completas, Jorge acredita que é importante fazer também exercícios de força, uma vez que o treino não chega para desenvolver todo o exercício muscular necessário ao longo da semana. O melhor será combinar esta atividade com, por exemplo, Body Pump, ou um personal trainer que estabeleça uma rotina mais baseada em força.

Herranz defende ainda a importância de combinar os treinos com uma dieta e estilo de vida saudáveis. Se o praticar de forma regular, vai acabar por notar verdadeiras mudanças no seu corpo, assegura. Segundo o especialista, os resultados notam-se com duas a três sessões por semana, mas aqueles que tiverem uma melhor preparação física podem chegar às cinco ou seis.

E por mais impactantes que possam parecer as primeiras aulas a nível de ritmo, a verdade é que todos os exercícios podem ser adaptados para reduzir a intensidade, com opções apresentadas pelos professores. No entanto, Jorge Herranz reforça que é importante ter cuidado com as lesões nas costas e articulações.

Carregue na galeria para descobrir as seis aulas de ginásio que vão ajudá-lo a perder peso até ao final do ano — estão disponíveis em praticamente todos os clubes.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT