Ginásios e outdoor

O treino intenso que tornou Viola Davis numa verdadeira guerreira

A atriz treinava durante cinco horas por dias para interpretar uma rainha heróica no novo filme "The Woman King".
Viola Davis na sua personagem.

Aos 56 anos, Viola Davis está em forma e continua empenhada e manter-se assim. A atriz fez história em 2016 como a primeira mulher negra a ganhar a  chamada Triple Crown of Acting, com um Oscar, um Emmy e um Globo de Ouro, graças ao filme “Fences” e à série “How To Get Away With Murder”. O reconhecimento não a fez abrandar, pelo contrário. A partir desta quarta-feira, 5 de outubro, vamos poder vê-la no cinema novamente. Davis assume o drama histórico de ação de Gina Prince-Bythewood, em “The Woman King”, em que interpreta uma mulher general cheia de garra.

No novo filme, Viola é a líder de um grupo de guerreiras do Reino de Dahomey, conhecido por Agoji. Esta personagem é uma mudança cheia de ação para Davis, que recentemente assumiu o papel da advogada e antiga Primeira Dama Michelle Obama na série “A Primeira Dama” da Showtime. Para se preparar para o seu papel fisicamente exigente em “The Woman King”, a atriz dedicou-se aos treinos ainda em 2020.

Nas primeiras imagens do filme vemos a atriz com um corpo totalmente tonificado e musculado, resultado direto de muitas horas de treino e de uma alimentação cuidada. Viola Davis partilhou uns segundos daquilo de um dos seus treinos de musculação. No vídeo publicado no seu Instagram conseguimos ver a atriz a trabalhar o grupo de membros superiores. Na descrição, fez questão de mencionar a sua personal trainer, Gabriela Mclain, agradecendo-lhe pela paciência e pela ajuda em criar a personagem do novo filme.

A dupla treina três vezes por semana em conjunto. “Às segundas-feiras, costumamos fazer um treino de cardio kickboxing-estilo. Concentrando-nos nos seus murros e pontapés”, disse Mclain, aqui citada pela “Pop Sugar”. “Às quartas-feiras, trabalhamos a força com recurso a halteres e bolas medicinais. Neste dia a parte superior do corpo e os abdominais são o foco”. Às sextas-feiras, Viola utiliza bandas de resistência e exercícios pensados para construir pernas fortes e rápidas”.

A atriz treinou um mínimo de cinco horas por dia durante três meses de pré-produção, incluindo uma hora de corrida, duas horas de artes marciais, e duas horas de treino de força. “Ela ganha sempre vida quando consegue dar alguns murros e pontapés”, acrescenta a sua preparadora física. Quanto aos movimentos que ela menos gosta “seriam agachamentos, step-ups, e flexões”, garante.

Para aguentar tantas horas seguidas a fazer exercício físico, Viola Davis tinha apenas um requisito: ouvir música animada. “A maior parte das vezes treinamos tão cedo quando ainda está escuro”, observou a profissional do desporto. “Por isso, acabamos sempre a puxar uma pela outra”. E acrescenta que, quando Davis não está motivada, elas treinam juntas. “É sempre mais divertido se tivermos um parceiro com quem sofrer durante o treino”.

Foco na alimentação

A nutrição desempenhou um “papel importante” na preparação de Davis para entrar no papel de Nanisca, a general da Agojie. “Ela precisava de ganhar muita massa muscular para parecer forte e poderosa”, explica a profissional que acompanha a atriz. Para alcançar esse objetivo, fez uma análise de sangue detalhada, que fornece informações sobre as predisposições genéticas de cada pessoa.

O exame revelou que Viola Davis tinha um grande risco para desenvolver diabetes tipo 2. A partir deste diagnóstico, a atriz foi aconselhada a comer porções mais pequenas para ajudar a controlar os seus níveis de açúcar no sangue e a produção de insulina. “Comer cada três horas ajudou-a a ter mais energia, manter e aumentar a massa muscular magra, e reduzir o armazenamento de gordura corporal”, revelou a a treinadora.

“Assegurei-me de não cortar os hidratos de carbono porque são o combustível que dão a energia necessária para enfrentar o treino e as filmagens do filme”. Mas, dentro da grande lista destes macro nutrientes, a especialista deu preferência à batata doce, à quinoa e ao arroz integral. A atriz ingeria também muita proteína, como carne magra, galinha, peixe e ovos. E não só nas refeições principais.

“A Viola comia também dois lanches à base de proteínas ou carboidratos entre as refeições, todos os dias”. Gorduras saudáveis de abacate, azeite, carne, ovos ou peixe também faziam parte da sua dieta de treino.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT