Ginásios e outdoor

Durante quanto tempo é preciso pedalar para emagrecer?

A NiT preparou um guia prático com tudo o que precisa de saber para entrar no admirável mundo do cycling. 

Não lhe vamos esconder nada.

Treinar não significa apenas passar horas no ginásio ou numa box de CrossFit, correr mais de 10 quilómetros ou caminhar durante 30 minutos todos os dias. Há outras formas de manter a forma e andar de bicicleta é uma delas. Aliás, é mesmo possível perder peso com esta atividade — a NiT diz-lhe como.

“Quem anda de bicicleta regularmente poupa muitas visitas ao médico. Muitas pessoas com problemas de dores nas costas, excesso de peso ou doenças cardiovasculares, podiam desfrutar de muitos anos de boa saúde se usassem a bicicleta mais vezes”, diz um relatório publicado no ano passado pela Universidade Alemã do Desporto.

Pedalar não tem apenas a vantagem de tonificar as coxas e glúteos. O ciclismo estimula os pequenos músculos das vértebras dorsais, fazendo com que eles se estendam e comprimam constantemente — assim se explica que este desporto previna as dores nas costas. E, como é um desporto, pode também ser um excelente antidepressivo.

No entanto, não pode começar a pedalar de repente. É necessário começar com percursos mais curtos e ir aumentando gradualmente o tempo de treino. E, claro, realizar alongamentos nas zonas que vão estar mais ativas durante o passeio de bicicleta.

O mesmo estudo alemão diz que 50 minutos são suficientes para acelerar o metabolismo e, consequentemente, queimar mais calorias do que seria esperado. Uma hora é suficiente para controlar ou perder peso, já para não falar no facto de ter uma ação antistress. O ideal seria mesmo arranjar, pelo menos, três horas por semana para andar de bicicleta.

Os benefícios são muitos.

Segundo o PT Tiago Silva, andar de bicicleta é um pouco como correr, mas com uma diferença: sentimos as pernas mais pesadas no início do treino. Esse peso vai diminuindo à medida que vamos treinando com mais frequência. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT