Ginásios e outdoor

Gym on Wheels: o ginásio sobre rodas onde pode treinar com a melhor vista sobre Lisboa

Patrick Costinha tem uma carrinha que permite aos atletas escolherem o local onde querem fazer os exercícios orientados por ele.
Patrick Costinha dá treinos em qualquer parte de Lisboa.

O mundo divide-se em dois tipos de pessoas: as que adoram ir ao ginásio e nunca falham uma aula indoor e as que preferem fazer exercício ao ar livre. Graças à Gym on Wheels esta divisão deixou de fazer sentido — agora já é possível treinar com os mesmos materiais e acessórios, acompanhado por PT e sem necessidade de fazer grandes deslocações. E, se puder escolher um local com uma paisagem incrível, tudo se tornar ainda melhor. Ao ponto de nos arriscarmos a dizer que motivação para treinar é algo que nunca faltará.

Patrick Costinha viveu em Zurique até aos 17 anos, altura em que resolveu correr atrás do seu sonho de infância. Veio para Portugal jogar futebol. “Consegui tornar-me profissional e passei por diversos clubes. Foram experiências muito enriquecedoras e que me levaram a ganhar gosto pelo exercício físico, saúde e bem-estar”, conta à NiT. Jogou, entre clubes, no Sporting Clube de Portugal, no Vitória de Setúbal e no Cova da Piedade. Terminou a carreira como jogador no Pinhalnovense, equipa da terra natal dos pais, Pinhal Novo.

Aos 23 decidiu experimentar outra vertente do exercício físico e tornou-se personal trainer. Começou a trabalhar na cadeia Holmes Place e descobriu no fitness uma nova paixão. “Essa experiência fez-me perceber que quero fazer a diferença numa área que afeta diretamente a qualidade de vida das pessoas”, refere o profissional de 28 anos. Quando quando a pandemia chegou e os espaços desportivos fecharam teve de encontrar uma alternativa. “Comecei a pensar em opções. Queria criar um projeto que me permitisse fazer treinos em qualquer sítio e com equipamento semelhante ao de um estúdio convencional. Depois de muita pesquisa lembrei-me de um conceito que sabia que já existia noutros países, o ginásio sobre rodas.”

Portugal reunia todas as condições necessárias para avançar com a ideia. “Vivi na Suíça durante muitos anos e lá os invernos são mesmo muito rigorosos. Os dias acabam muito cedo e faz realmente muito frio. Por isso, os treinos indoor são a norma.” A realidade do nosso País é diferente, devido ao clima ameno. “Não precisamos de estar fechados num ginásio quando, a maior parte dos dias, as condições meteorológicas permitem que treinemos ao ar livre”, realça.

Durante o segundo confinamento, entre janeiro e fevereiro de 2021, Patrick decidiu avançar com a ideia. Pelo caminho, deparou-se com alguns obstáculos relacionados com a escassez de materiais. “Esperei algumas semanas até conseguir uma carrinha com as dimensões adequadas. Depois reuni o material de ginásio que precisava para os treinos que queria oferecer à comunidade”, conta.

Os treinos sobre rodas

A Gym on Wheels, além de disponibilizar treinos “personalizados, datados e ajustados às necessidades de cada atleta”, também disponibiliza sessões de grupo. As empresas podem contratar os serviços de Patrick, que anda por anda por Lisboa com o ginásio atrás, para oferecem aulas aos seus funcionários.

A carrinha tem lugar para todos: “os meus atletas mais velhos são um casal com 75 anos e o grande objetivo deles é fortalecerem as estruturas musculares, para manterem a capacidade de se movimentarem e a qualidade de vida”.

Como o ginásio é ambulante, Patrick consegue treinar sempre com a melhor vista e esta não é a única vantagem. “Desta forma também consigo ir facilmente ao encontro dos atletas. Para eles é muito mais cómodo porque não têm de se deslocar.” Ou seja, o PT é que vai ter com eles e não o contrário, o que elimina um dos principais motivos que levam as pessoas a abandonarem os ginásios — as deslocações diárias.

Os treinos individuais são adaptados aos objetivos de cada cliente. Já as aulas de grupo seguem um plano semanal, com dias definidos. “Às segundas fazemos uma aula de alta intensidade, quarta passamos para um treino misto, em que utilizamos o peso corporal e outras cargas. Aos sábados treinamos a força”, explica o personal trainer.

Para treinar com Patrick Costinha, pode escolher a modalidade que mais gosta através do site da Gym On Wheels. Uma sessão individual com o treinador custa 40€. As aulas de grupo, avulso, custam 7€ cada e um pack de cinco custa 30€. Se preferir pode sempre optar por treinos online, por 50€/mês. As sessões acontecem através da aplicação “True Coach”, mas são igualmente personalizadas-.

Neste momento, a carrinha só circula na área de Lisboa, mas o objetivo passa por ter outros ginásios ambulantes pelo País. Contudo, Patrick tem os pés bem assentes no chão: “o projeto tem apenas um ano e meio e ainda é muito cedo para pensar no futuro, sobretudo devido à instabilidade económica que se vive no País neste momento”, conclui.

Carregue na galeria para ficar a conhecer melhor o Gym on Wheels.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT