Ginásios e outdoor

Já abriu o ginásio mais cool da capital onde quanto mais treinar menos paga

Fomos descobrir o novo conceito inovador do Fitness Dock, no centro de Lisboa. Pode fazer aulas indoor, no gym, online e outdoor.
Tem um conceito inovador.

A NiT já lhe tinha falado da novidade que aí vinha, quando muitos por esse País fora ainda olhavam para o relógio de forma despreocupada por estarem de férias. A abertura era desejada por toda a gente que queria voltar a treinar a sério, mas sabíamos apenas que apenas em outubro seria possível descobrir o novo ginásio.

Aberto desde 15 de outubro, a NiT foi descobrir o espaço que promete ser uma das novidades fit do ano na capital. Chama-se Fitness Dock, fica em Sete Rios e apresenta um conceito inovador. “Surgiu numa altura em que o mercado precisava de algo novo, diferente e que fosse estimulante para os adeptos de fitness em Portugal”, revela à NiT Amâncio Santos, diretor executivo da marca. Até ao final do ano, promete abrir mais dois novos espaços, mas já lá vamos.

Se anda a adiar a inscrição no ginásio há muito tempo, não precisa esperar mais. Quando entrar no ginásio, o design único que privilegia a cor irá conquistá-lo à primeira vista. “O Fitness Dock é o resultado de um sonho”, explica um dos fundadores, em comunicado. Num País a sofrer uma crise devido aos dois anos de pandemia, a marca decidiu que era o momento de oferecer aos portugueses uma abordagem refrescante e adaptada ao seu novo estilo de vida.

O ginásio tem 500 metros quadrados e Amâncio revela que os próximos vão ter a mesma dimensão. Pelo menos, os dois que planeiam abrir ainda este ano. Sim, porque não vão ficar por aqui. “Queremos entrar no mercado, provar a eficácia e efetividade do Dock e mostrar que funciona”, diz. E continua: “Prevemos abrir três em 2023 e outros quatro em 2024”. Nos próximos meses vão ser inaugurados os espaços na Avenida Gago Coutinho, no Areeiro (em novembro) e em Benfica (no final de dezembro, início de janeiro).

Estamos habituados a salas de estúdio, zonas separadas e barreiras físicas. Esse não é, porém, o modelo do Fitness Dock. “Quisemos fazer algo diferente e de acordo com a vontade dos utilizadores”. Seguindo esse mote, construíram um ginásio que de caracteriza pela acessibilidade às áreas de treino, para que os sócios se “sintam enquadrados e, acima de tudo, para que se desafiem”.

O Fitness Dock baseia-se em três pilares: funcionalidade, tecnologia e preço. Ao percorrermos o espaço percebemos o significado do primeiro. O ginásio conta com quatro áreas distintas. Uma tradicional que descreveríamos como um pequeno corner de trabalho cardiovascular e de força, com bicicletas, passadeira e elípticas, por exemplo — aquilo mais ou menos todos têm. Por ali encontrará também algumas máquinas guiadas, que o utilizador empurra ou puxa e que guiam o movimento. “São bastante intuitivas e os iniciantes podem usá-las com mais facilidade”.

Depois, encontramos uma zona de aulas de grupo dentro do ambiente do ginásio. Ou seja, ao contrário do que acontece noutros ginásios, esta não tem portas, nem vidros a bloquear ou a dividir as diferente áreas. Também aqui são disponibilizados aparelhos específicos, como remos, halteres, ou passadeiras não motorizadas, “que simulam, de forma mais realista, a corrida na rua”.

Todas as aulas são dadas em circuito, para que “o sócio se sinta integrado e à vontade”. Aqui, não se faz a distinção entre first time users e experts, isto é, pessoas que treinam pela primeira vez e aquelas que já o fazem habitualmente e conhecem os procedimentos. “Estão todos envolvidos, a treinar no mesmo ambiente e na mesma aula”. A diferença é que “cada um treina em função da sua performance, do seu histórico de treino, consoante as suas reais capacidades”.

Rápidas e eficazes, as sessões vão dos 15 aos 45 minutos, e há opções para todos os gostos. “Desde trabalho de core, passando pelos alongamentos e mobilidade, aos treinos hiit ou com assinatura Technogym.” O objetivo? “Fazer sessões curtas e efetivas, que elevem o nível de treino e de performance.”

Se prefere trabalhar em suspensão e equilíbrio, a terceira zona foi pensada para si. “Mistura treino de força com pesos livres, ideal para halterofilismo e cross training. Se o objetivo é treinar de forma livre e dinâmica esqueça tudo o resto. No outdoor há espaço para fazer deslocações corrida e movimentos de agilidade. “É para os sócios que vêm cá para se mexer e brincar. Aqueles que encaram o exercício não como uma obrigação, mas como um jogo.”

Os dez personal trainers e os gym coach (dedicados apenas e exclusivamente às aulas) estarão sempre presentes para ajudar e apoiar. Se ainda não sabe qual o seu limite, não se preocupe. “Este é um ginásio altamente tecnológico. Ao entrar nas instalações, temos um tracking monitorizado, seja dentro ou fora do espaço do ambiente de ginásio.” Tudo é possível com a app de rastreamento (em tempo real) do número de batimentos cardíacos por minuto.

Esqueça a desculpa do “estou cansado, não aguento mais”. Com esta tecnologia, vai perceber que ainda tem algo para dar em função da sua real capacidade. Para se inscrever basta descarregar a aplicação do Fitness Dock, onde também vai poder reservar as aulas. O programa inclui ainda uma biblioteca de exercícios com mais de 700 treinos que incluem boxe, ioga, HIIT e força e desafios diários. Quer esteja em casa, no ginásio, no hotel ou ao ar livre, com a app poderá adaptar o seu treino com exercícios de peso corporal ou ao equipamento disponível: pesos livres, passadeiras, bicicletas e muito mais.

A partir de agora vai poder treinar neste novo espaço sem compromisso, com horário livre trânsito, possibilidade de utilização de todos os clubes, acesso a aulas de grupo e outras vantagens desde 29€ por mês. O melhor é que quanto mais treinar, menos paga. Como? A Fitness Dock adotou o sistema de mensalidade decrescente. Ou seja, os valores podem descer aos três, nove e 15 meses, isto é, paga 24€, 20€ ou 17€, respetivamente se continuar a melhorar o seu estilo de vida com a cadeia de ginásios.

Carregue na galeria para ficar a conhecer melhor o primeiro o Fitness Dock de Lisboa.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    R. de Campolide 351
    1070-034 Lisboa

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT