Ginásios e outdoor

Jamie Lee Curtis revela os segredos por trás da sua “beleza natural” aos 63 anos

Depois de se ter mostrado super relaxada com a forma física, a atriz definiu-se como "pro-aging" e "sem medo de envelhecer".
Acessíveis a todos.

Antes de decidir gastar rios de dinheiro em cremes e tratamentos que prometem a juventude eterna, a forma como Jamie Lee Curtis tem lidado com o envelhecimento pode fazer com que mude de posição sobre o assunto. A atriz exibe um brilho quase etéreo E sim, o ícone de Hollywood tem rugas, que exibe, como a própria refere “orgulhosamente”.

Aos 63 anos, a atriz que chegou a ser apelidada como The Body (o corpo, em alusão às formas esculturais) quer agora ser reconhecida por parar de se esconder. “Comecei a encolher a barriga aos 11 anos, quando se começa a ter consciência de rapazes e corpos, e as calças de ganga são super apertadas”, escreveu, em dezembro no Instagram, na legenda de uma imagem sua no papel da auditora de IRS Deirdre Beaubeirdra em “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo“, que tem chegada prevista às salas de cinema portuguesas a 7 de Abril.

“Decidi relaxar e libertar todos os músculos que tinha e que costumava contrair para esconder a realidade”, conta, confessando que nunca se sentiu “tão livre, criativa e fisicamente”. E aconselhou todos a mostrarem-se como são, contrariando uma indústria milionária cujo negócio assenta na ocultação.

A tão falada fotografia.

Depois de exibir a barriga, a atriz mostrou-se sem filtros na mesma rede social para apelar à auto-aceitação. “Olhamos muitas vezes para baixo, para nos lembrarmos da nossa humildade, humanidade, e falta de arrogância neste mundo filtrado em que todos nós existimos nesta plataforma”, escreveu Curtis na legenda da foto.

Para Jamie a palavra “anti-envelhecimento tem de ser alterada. Sou pró-envelhecimento“, disse em entrevista . “Quero contar os anos com inteligência e humor, dignidade e energia”. Para a estrela de Hollywood, manter a naturalidade é uma prioridade. “Sou uma defensora da beleza natural porque não há nada mais bonito”, afirmou.

A atriz de “Halloween Ends” também tem comentando os tratamentos a que muitas celebridades acima de uma certa idade se submetem. “Não quero esconder-me dela (da minha idade) como se fosse uma coisa má”, disse Curtis durante uma palestra sobre o envelhecimento. “Estamos todos a aprender. É um trabalho interno. Agora consigo dizer-vos que sinto uma grande alegria pela idade que tenho”.

Desde protagonizar filmes de terror até ao lançamento dos seus próprios podcasts (“Letters from Camp” e “Good Friend“), Curtis mantém-se ocupada e a desfrutar de tudo o que a vida tem para oferecer. “Tenho 63 anos. A minha mãe morreu aos 76, o meu pai morreu aos 85. Não tenho tempo a perder”, explicou. “O meu lema é: se não for agora, quando será? E, se não eu, quem? Isso libertou-me e permitiu-me fazer tudo o que estou a fazer de forma espontânea”. 

Os segredos de Curtis para lidar com os sinais do envelhecimento

A filha dos lendários Janet Leigh (a Marion de “Psico”, o clássico filme de Hitchcock) e Tony Curtis​​ (“Quanto Mais Quente Melhor”) marcou presença na cerimónia dos Óscares no passado domingo e revelou não só uma silhueta invejável, como uma pele incrível.

Protetor solar e creme Nívea. Água e sono. São os quatro ingredientes secretos da atriz para se manter jovial. “Beba bastante água”, aconselha. É muito importante para manter o corpo hidratado — enquanto desintoxica o organismo. “A água também torna a pele mais bonita e ajuda a manter a forma se for ingerida em grandes quantidades“, relembra.

Além  do protetor solar (que já sabemos que deve aplicar sempre que sair à rua), Jamie Lee Curtis não dispensa as boas noites de sono. Confessa, porém, que adora acordar cedo para aproveitar o dia. A rotina da atriz inclui também o creme hidratante mais famoso (e acessível) do mundo: o Nívea da famosa lata azul, que custa 3,79€ em Portugal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT