Ginásios e outdoor

MAAT vai ter sessões de meditação com concertos ao vivo

O programa Meditações a 7,8Hz vai ser conduzido por nomes como Michael Marder, Maxwell Sterling, Joana Gama e Luís Fernandes.
A exposição está disponível até ao final do mês.

O MAAT — Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia — vai organizar três sessões de meditação durante o mês de fevereiro. O programa Meditações a 7,8Hz terá um conjunto de leituras e até concertos ao vivo para acompanhar essas sessões especiais.

O programa foi criado na sequência da crise social e afetiva que vivemos durante a pandemia de Covid-19 e funciona como uma espécie de viagem para lá da desorientação e ansiedade. O nome nasce da frequência magnética libertada pela Terra, produzida por descargas de energia como raios e trovões que ocorrem entre a superfície da terra e a ionosfera. Mas 7,8Hz também é a frequência do cérebro humano em estado de relaxamento quase meditativo, entre a consciência e a inconsciência. E é este o mote da meditação: conectar-se com o planeta.

As três meditações serão editadas num disco vinil coproduzido pelo MAAT e pela editora discográfica Holuzam em maio de 2022 para que possa ouvir em casa.

A primeira meditação acontece no dia 5 de fevereiro, às 19 horas. Conta com a participação do investigador Michael Marder e o compositor e músico Maxwell Sterling. A segunda terá lugar no dia 12, à mesma hora, com Frederico Campagna e o duo de piano eletrónico Joana Gana e Luís Fernandes. A última meditação é a 19 de fevereiro e participa a curadora do Thyssen-Bornemisza Art Contemporary, Sofia Lemos e a artista Ece Canli.

Os bilhetes já podem ser comprados no site do museu e têm um custo de 9€. Se quiser visitar o museu antes da atividade, o valor sobre para 15€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT