Ginásios e outdoor

Ajude a escolher o próximo campo de basquetebol que gostaria de ver transformado em arte

A Hoopers transforma os recintos urbanos destinados à modalidade em telas ao ar livre. Saiba como votar no da sua zona.
Quando a arte e o desporto se unem, a magia acontece.

Depois de várias intervenções em Lisboa, a plataforma Hoopers continua o seu projeto de transformação de campos de bastequebol urbanos. Combinando arte e desporto a startup requalifica estas infraestruturas degradadas e devolve-as às comunidades. Depois de mais de dez intervenções artísticas e desportivas realizadas por todo o país, a Hoopers pretende arrancar a nova temporada de reabilitações de forma diferente, procurando envolver a comunidade de jogadores, fãs e entusiastas da modalidade na escolha da cidade que irá acolher a próxima ação.

Em Lisboa, a Hoopers já espalhou arte pelo campo Chicago, em Chelas, o campo de homenagem à Mamba Mentality, na Calçada de Carriche e passou também pelo incrível mural dedicado a Neemias Queta, o primeiro jogador português na NBA. Mais recentemente, requalificaram o espaço do Largo do Conde de Bonfim, em São Domingos de Benfica, que foi assinado pela artista Pitanga. Agora o próximo campo a ser recuperado vai ser escolhido pelos membros da comunidade.

O mote desta iniciativa promovida é simples: “O campo pode ser na tua cidade!”. Segundo André Costa, fundador da Hoopers, a ideia de envolver a comunidade surgiu porque “sempre que concluímos um e anunciamos outro novo campo, recebemos muitas mensagens de pessoas que nos pedem um destes projetos nas suas cidades”. Porém, não o conseguem fazer de forma automática, “nem tão pouco em todos os lugares onde gostaríamos”, lamenta. Esta foi a alternativa pensada “para dar resposta a estes desafios”, afirma o fundador.

A iniciativa desdobra-se em duas fases. Na primeira, que decorre até quinta-feira 24 de março, está aberta uma votação  para definir os 10 locais mais votados de Portugal. Depois de contabilizados, arranca a segunda fase da ação, onde a comunidade poderá votar apenas nos locais selecionados (do conjunto dos 10 mais votados). “A cidade que acumular o maior número de votos [na segunda volta] será a declarada vencedora. Depois, a Hoopers compromete-se a desenvolver os esforços necessários para garantir a execução do projeto, em articulação com as entidades responsáveis pelo local”, explica o responsável. Pode votar na página da iniciativa no site da startup.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT