Ginásios e outdoor

Nasceu em Cascais o primeiro circuito de obstáculos fixo do País

Projeto da equipa LynxRace e da autarquia está aberto a todos — e é só o primeiro.
É só o primeiro projeto do género.

Com um lince como símbolo, a Lynxrace foi corrida de obstáculos que teve em 2019 a sua primeira edição. Desde então, o projeto cresceu, é também equipa e agora, em conjunto com a autarquia de Cascais, deu lugar ao primeiro circuito de obstáculos fixo, em espaço urbano, em Portugal.

O Lynxrace Park, em Outeiro de Polima, foi inaugurado no domingo, 20 de junho, e é de utilização livre para todos os que queiram praticar uma modalidade que começa a ganhar adeptos em Portugal. Ao todo são 11 obstáculos, que podem ser ultrapassados de forma isolada ou num percurso inteiro.

Apesar da dificuldade de alguns dos obstáculos, a própria Câmara Municipal de Cascais realça que esta atividade desportiva não é só para atletas. Na verdade, para quem quiser experimentar o circuito, tanto jovens como menos jovens estão convidados. Cada obstáculo conta com um QR Code para que o praticante possa ver em vídeo como ultrapassar o obstáculo em segurança.

No site do projeto, o Lynxrace apresenta-se como “um teste ao carácter e limites dos atletas”. “Mais importante do que ser o mais rápido, o mais forte ou o mais ágil, é essencial ser-se um guerreiro na vida: olhar de frente os obstáculos, assumir os medos, as dúvidas e lutar para os conquistar”, pode ler-se.

Miguel Fernandes, jornalista da TVI, está ligado à Lynxrace e conta à NiT que o circuito foi a resposta a um desafio lançado pela autarquia. A sua ligação às corridas de obstáculos, conta-nos é até recente mas é paixão que veio para ficar.

Um pouco cansado do ambiente tenso em torneios de futebol, incluindo em partidas que seriam mais do que prazer do que competição. procurou um ambiente diferente. Foi há três anos que se aventurou nas corridas de obstáculos e tem andado em diferentes países, incluindo em provas europeias e mundiais.

Há um ambiente “de competição e entreajuda” que o atraiu especialmente e essa ´filosofia foi levada para o circuito que desenhou. “É um desporto para todos, ao ar livre e em sintonia com a natureza”. Claro que pode também ser bastante exigente mas o circuito foi pensado para que todos o pudessem experimentar.

Miúdos a partir dos 13 anos podem aventurar-se sozinhos. Mais novos só com o acompanhamento de um adulto. Mas lá está: a ideia é fazê-lo em segurança (e o resto fica por conta do desafio pessoal de ultrapassar o obstáculo).

Para a Câmara Municipal de Cascais, esta nova infraestrutura para a prática de desporto é apenas a primeira de uma aposta mais clara nos circuitos de obstáculos. Já estão previstos dois novos circuitos: um deles será na Praia de Carcavelos e outro na Aldeia de Juso, ambos no concelho de Cascais.

O LYNXRACE PARK, Polima-Cascais é o primeiro circuito fixo de corridas de obstáculos em Portugal montado num parque…

Posted by LynxRace OCR on Sunday, June 20, 2021

Uma modalidade em crescimento

Ao espreitarmos algumas imagens de corridas de obstáculos, é natural que nos lembremos de algumas imagens de recrutas (reais ou em filmes). Mas há uma grande variedade no tipo de provas que existem, tanto no tipo de distâncias como no tipo de obstáculos.

Na última década, a modalidade tem surgido cada vez mais organizada, com atletas e provas próprias a surgirem nos mais diversos países. Mas as raízes da modalidade são muito mais antigas. Nas Olimpíadas da Grécia Antiga, há mais de 2.500 anos, já existiam provas de obstáculos.

Agora, há também a oportunidade de descobrir em Cascais um circuito específico da modalidade. Entre argolas, barras, rampas, cordas e muito mais, há desafios para descobrir. E ultrapassar.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT