Ginásios e outdoor

New Balance lança “as sapatilhas mais feias de sempre” — o modelo já se tornou viral

O par foi criado em parceria com a designer Junya Watanabe e custa 180€. O público é que parece não ter achado grande piada.
O design é questionável.

As sapatilhas com um visual mais clássico da New Balance são uma das poucas paixões transversais a qualquer geração. Os boomers adoram-nas, a geração Z também. Não parece ser o caso da nova criação da marca. 

“Parecem as sapatilhas do avô”, pode ler-se nos comentários às primeiras imagens das sapatilhas no X, antigo Twitter. O modelo, fruto de uma colaboração da marca com a japonesa Junya Watanabe, conhecida pelas criações mais vanguardistas, rapidamente se tornou viral pelos piores motivos.

Normalmente, as criações da designer rondam os mil euros. Felizmente, o modelo não chega sequer perto desse valor, embora os 180€ pedidos também não tenham propriamente entusiasmado os fãs da New Balance. 

As primeiras imagens foram vazadas por um funcionário anónimo, o que significa que poderá não ser exatamente a sapatilha que irá estar nas lojas mais no final do ano, altura em que se prevê que comecem a ser comercializadas. 

O par é sobretudo cinzento e o visual mistura traços de sapatilhas desportivas e mocassins, em grande parte graças à barra superior que tem o mesmo formato do modelo.

Vão dividir opiniões.

“É isto que acontece quando um fabricante de dad shoes fica todo cheio de confiança e acha que pode lançar um par de sapatilhas do avozinho”, lê-se noutra crítica. “Obrigado por terem feito este par para os meus pés de 1983” e “estas são as sapatilhas mais feias que alguma vez vi”, são outras das reações partilhadas.

Com esta novidade, parece que a New Balance está a tentar aderir a uma das grandes modas da atualidade: as sapatilhas estilo sabrinas que combinam um look hiperfeminino com o grunge do streetwear.

Nos últimos meses, designers como Sandy Liang, Rombaut, JW Pei e até marcas como a Skechers têm apostado nesta tendência que vai ser uma loucura ainda maior durante o verão. Enquadra-se no movimento balletcore, que também se popularizou no TikTok. É caracterizado pelos tons femininos, leggings nude, tutus, espartilhos e laços.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT