Ginásios e outdoor

No novo estúdio de Braga só treina uma pessoa de cada vez

O mais recente Personal20 viu a abertura adiada devido à pandemia. Esta segunda-feira, 8 de junho, começou a receber os sócios.
Tem 120 metros quadrados.

Estava tudo pronto para Braga receber um novo spot de treino em março. No entanto, a chegada do novo coronavírus ao País obrigou ao adiamento da abertura do novo estúdio Personal20. “O próprio presidente da câmara não quis fazer a inauguração durante o confinamento. Por isso, esteve tudo pendente até há poucos dias”, conta à NiT Pedro Ruiz, 62 anos, CEO da marca.

Como já tinham iniciado a pré-venda de inscrições há algum tempo, os profissionais do estúdio deram personal training online durante o estado de emergência. No entanto, as portas daquele espaço nunca tinham chegado a receber nenhum cliente. Isso mudou esta segunda-feira, 8 de junho, dia em que foi possível, finalmente, realizar a inauguração.

“Embora tenhamos espaços para dar treino a quatro pessoas em simultâneo, colocámos a limitação de um sócio. É uma forma de se ganhar confiança e não haver contaminação”, diz o fundador da Personal20.

Os 120 metros quadrados deste estúdio sofreram adaptações que não estavam previstas quando foi idealizado. Cumprindo as medidas de segurança estipuladas pela Direção-Geral da Saúde, há marcações de entrada e saída, assim como do sítio para treinar; vários avisos espalhados pelo estúdio; e dispensadores de álcool gel. Também por isso, o spot de Braga conseguiu o selo de qualidade “Healthy & Safe”, atribuído pela Portugal Ativo (AGAP).

Fica na Avenida Dom João II.

A funcionar apenas por marcação, estão a ser feitas sessões a cada hora, de forma a haver tempo para a desinfeção dos fatos e materiais — antes da pandemia, os treino na Personal20 aconteciam de 30 em 30 minutos, ou a cada 45.

“Não estamos abertos para quem tocar à porta. O cliente pode marcar pela app ou por telefone. Neste momento, não há receção. Quanto à segurança, está garantida. Limpamos tudo após cada treino, incluindo os materiais, como o TRX, e os pesos, que são necessários no treino.”

Para as sessões de eletroestimulação, em que é necessário usar um fato especial, também há mudanças. Neste momento, é obrigatório comprar o fato interior de algodão — antes era possível fazer o aluguer. Custa 40€. Já o fato elétrico, como é muito caro, está disponível para todos os clientes, sendo que sofre uma enorme desinfeção entre cada utilização.

“O que estamos a fazer é desinfetá-lo após cada treino com todos os produtos recomendados pelas autoridades de saúde. Além da desinfeção química, comprámos umas máquinas de secar e ainda desinfetamos o fato elétrico com ultravioleta — dizem que o vírus morre assim”, acrescenta o CEO.

Há vários programas de treino.

Os clientes apenas têm de usar máscara de proteção nas zonas comuns, dispensado-as durante a prática de exercício. Já os PT estão sempre com máscara ou viseira e luvas.

Neste momento, todos os serviços estão a funcionar por completo: personal training normal, personal training com recurso à eletroestimulação e nutrição.

No que diz respeito à eletroestimulação, é um método intenso que combina a contração voluntária, através da realização de exercícios específicos e dinâmicos, com a contração provocada pela eletroestimulação ativa dos principais grupos musculares. Isto traduz-se num treino de apenas 20 minutos que permite trabalhar cerca de 300 músculos em simultâneo, com 90 a 100 por cento de ativação de fibras musculares. Resumindo: são à volta de 36 mil contrações.

Estes treinos, porém, são apenas para quem quer perder peso. Também garantem resultados na redução de celulite e ajudam na reabilitação de atletas profissionais e amadores. É, ainda, visto como uma ferramenta para aumentar a força e resistência muscular, moldar o corpo e aliviar as dores nas costas. De acordo com a marca, para conseguir qualquer um destes benefícios, é necessário treinar uma a duas vezes por semana.

No dia da inauguração.

Os franchisados, Bárbara Fernandes e Adriano Campos, explicam que este novo conceito de fitness vai ajudar mais pessoas, pela diferenciação do serviço que oferece, aliado ao atendimento personalizado e ambiente mais familiar. “Este novo conceito é dirigido a quem privilegia os resultados (mais rápidos e eficazes) e o acompanhamento num espaço acolhedor e seguro, com uma excelente equipa de profissionais. Este é o conceito de fitness que faltava em Braga, sobretudo nestes tempos em que necessitamos todos aumentar a nossa imunidade às doenças”, refere Adriano.

A Personal20 Braga, que fica na Avenida Dom João II, está com uma campanha especial. Quem se inscrever neste momento, fica com uma mensalidade para treinar duas vezes por semana, durante três meses, de 99€. Após esse período, passa para o valor normal de 129€.

Tínhamos várias aberturas previstas e ficou tudo paralisado. Mas, neste momento, pela minha experiência, julgo que vêm dias melhores para a abertura de novas unidades”, diz à NiT Pedro Ruiz, que aproveita para acrescentar que todos os estúdios da marca em Portugal já estão a funcionar.

FICHA TÉCNICA

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT