Ginásios e outdoor

Os 50 anos da revolução de abril celebram-se em passo de corrida

A 45.ª edição do evento, que também assinala o Dia da Revolução, conta com três corridas e uma caminhada.
Uma forma de celebrar a revolução.

Este ano celebram-se os 50 anos do 25 de abril, mas a Corrida da Liberdade chega “apenas” à sua 45.ª edição. No dia da Revolução dos Cravos, “a alegria e a festa coletiva saem mais uma vez à rua” — mas desta vez em passo de corrida — como afirma a organização.

O evento é dirigido pela Federação das Coletividades de Cultura Recreio e Desporto do Distrito de Lisboa, a Associação das Coletividades do Concelho de Lisboa e a Associação 25 de Abril. Esperam-se quatro provas, todas elas com início às 10h30.

O percurso A conta com 11 quilómetros com início na Pontinha, o B apenas com cinco quilómetros, onde o ponto de partida se dará no Largo do Carmo. Por sua vez, o caminho C, de apenas um quilómetro, começa na Praça Marquês de Pombal e a caminha, de três quilómetros terá origem no Campo Pequeno. 

Todas as provas têm a mesma meta, que se dará na Praça dos Restauradores. Contudo, se é mais adepto de bicicletas, pode optar pela Pedalada da Liberdade, no âmbito deste evento. Organizada pela Câmara Municipal de Odivelas com o apoio da associação desportiva Odivelas Colinas Bike Tour, trata-se de um passeio ciclístico sem caráter competitivo. O ponto de partida é o Regimento Engenharia 1 da Pontinha, pelas 10h20 e a meta, no mesmo local da corrida. 

“Participar na Corrida da Liberdade é uma das maneiras de comemorar Abril e a Revolução dos Cravos. Assim, façamos desta corrida uma grande festa popular, participando nela ou apoiando-a na sua chegada”, lê-se no site

As inscrições podem ser feitas online até 18 de abril, de forma gratuita.

Carregue na galeria para conhecer 11 caminhadas imperdíveis até ao verão.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT