Ginásios e outdoor

Os 7 erros que mais se cometem na hora de regressar aos treinos

Uma PT ajuda a NiT a perceber os passos em falsos que as pessoas mais cometem na hora de voltar ao ginásio.
O que evitar (e porquê).

As circunstâncias são estranhas, bem o sabemos. O confinamento deixou-nos fora de forma e só no passado dia 5 de abril é que os ginásios reabriram. Ainda para mais, estamos em desconfinamento e já há aquela pressão extra do verão à espreita.

É normal que, depois de uns meses longe do ginásio, haja alguma pressa. Atenção: se assim que teve oportunidade, voltou a correr para o ginásio, fez muito bem. Um pouco de motivação é sempre bem-vinda. No entanto, para lá desse espírito de iniciativa inicial, é importante perceber-se o que se quer fazer e como o fazer. A alternativa é cometer erros que podem estragar o treino (e atrasar qualquer plano para ficar em forma).

Sara Corona, PT da FITTEJO, explica à NiT que uma boa sessão de treino deverá ter uma parte de aquecimento; a parte fundamental, do treino propriamente dito; e o retorno à calma. São como que etapas que se conjugam e que devem sempre ser percorridas da melhor maneira.

O aquecimento divide-se em duas partes: uma “onde deverá ser realizado um exercício para aquecimento corporal”, mais geral, e outro, mais específico, focado nas “articulações que serão envolvidas” no exercício imediatamente a seguir, “para que sejam trabalhadas de modo a preparar o corpo para as cargas ou impactos sofridos posteriormente”.

Um treino deve também ter em conta fatores como segurança, progressão, consistência, eficiência e individualização (afinal de contas somos todos diferentes). Infelizmente, muitas vezes há passos e detalhes que se ignoram.

A PT Sara Corona ajuda-nos a resumir o que deve ter sempre em conta. Carregue na galeria e descubra sete erros e excessos muito comuns que se cometem na hora de regressar aos ginásios.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT