Ginásios e outdoor

Quer subir a Serra da Estrela em bicicleta numa prova inédita? Ainda vai a tempo

No Serra da Estrela Riders Challenge você é que escolhe os dias em que vai cumprir as três etapas. As inscrições são gratuitas.
Tem até 18 de outubro.

Fazer ciclismo pelas estradas e paisagens arrebatadoras da Serra da Estrela é um dos desportos mais procurados pelos turistas portugueses e estrangeiros. Porém, este ano, a pandemia mundial do novo coronavírus não tem permitido a realização das habituais provas.

A pensar nisso mesmo, nasceu o Serra da Estrela Riders Challenge, numa iniciativa completamente inédita em Portugal. Este é um evento dedicado aos praticantes amadores da modalidade e totalmente diferente dos eventos de ciclismo tradicionais, em que tudo acontece num determinado dia, a uma determinada hora.

Nesta prova, os inscritos têm cerca de dois meses para cumprirem as três etapas previamente definidas, que passam pelas diferentes (e incríveis) paisagens da região da Serra da Estrela. Tudo começou a 18 de agosto e só termina a 18 de outubro. Até lá, pode inscrever-se gratuitamente todos os dias e começar a pedalar quando quiser. As inscrições vão estar abertas até dia 17 de outubro, no site oficial do evento, e até agora, a prova está a ser um verdadeiro sucesso: já há cerca de 300 participantes e novas inscrições todos os dias.

No Serra da Estrela Riders Challenge o principal objetivo é que os participantes possam escolher os dias e os horários em que pretendem cumprir as etapas, fazendo-o em total autonomia e assumindo toda a responsabilidade sobre o seu comportamento — sobretudo no que respeita ao cumprimento das normas de higiene e segurança aconselhadas pela DGS.

“Na face deste contexto disruptivo que vivemos e que obrigou ao cancelamento do Granfondo, esta ideia inovadora fará com certeza com que muitos atletas (e acompanhantes) passem alguns dias na bela zona serrana. Para mim, foi o pretexto ideal para regressar à região onde vivi quando ainda nem sabia falar. E foram três dias muito bem passados, a sofrer de manhã, e, à tarde, a passear com a família”, contou à NiT Nuno Cardeal, participante da prova.

No meio da natureza.

Embora a superação e a descoberta possam ser as principais componentes para atrair a atenção dos ciclistas, esta prova tem também uma vertente competitiva. A sinalização dos percursos, o registo dos dados, a validação dos objetivos conquistados e da performance dos atletas é feita através de dispositivos eletrónicos e plataformas digitais específicas. Além disso, os resultados podem ser consultados diariamente no site da prova.

A triatleta Filomena Gomes, uma das participantes do Serra da Estrela Riders Challenge, explicou a importância que este género de provas tem na vida das pessoas. “Fora do âmbito de qualquer prova organizada ou competição, este desafio apresenta um nível que nos leva a superar-nos de uma forma não só física como mental, pois não existe concorrência por perto. Somos nós, a Serra, as subidas, as descidas, as paisagens e o nosso esforço e suor que nos carregam numa viagem a solo ou com apenas alguns amigos”.

Os ciclistas inscritos receberão ainda diversos prémios – alguns deles virtuais, outros físicos, atribuídos por sorteio ou para premiar os atletas com melhores performances.

De forma a reforçar as qualidades da Serra da Estrela, tornando-a cada vez mais numa referência para o turismo desportivo – em particular para o ciclismo de estrada –, a organização decidiu ajudar o setor turístico da região. Para isso, criou várias parcerias com agentes locais que vão oferecer aos participantes condições especiais nas suas estadias.

Pode acompanhar todas as novidades e projetos da Bike Roads através das suas páginas de Facebook e Instagram.

Este artigo foi escrito em parceria com a Stream Plan.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT