Ginásios e outdoor

Vem aí uma caminhada para descobrir o pequeno Tibete português

São quatro dias de passeio que já pedem um pouco de experiência — mas o cenário em Sistelo vai valer a pena.
A caminhada vai ser de 15 a 18 de Julho.

Se pensar numa pequena aldeia rural envolvida por toda uma paisagem verdejante, pode associar-lhe um nome: Sistelo. É uma das sete maravilhas de Portugal e não é preciso pensar muito para perceber porquê.

Situada em Arcos de Valdevez, esta aldeia é o ponto de referência para um fim de semana prolongado de caminhadas que a Green Trekker está a organizar. Pode marcar na agenda: é de 15 a 18 de julho. Esta é daquelas iniciativas que chamam por juntar o útil ao agradável treina enquanto conhece um dos melhores percursos pedestres de Portugal. Mas prepare-se que esta não é uma atividade que se enfrente de ânimo leve.

A quinta-feira, 15 de julho, é o dia das boas-vindas. Quando chegar ao hotel, situado no coração da vila de Arcos de Valdevez, apenas tem de se preocupar em desfazer as malas. Se o tempo estiver do seu lado, é um bom momento para visitar esta zona tão portuguesa do Alto Minho.

No dia seguinte, sexta-feira, 16 de julho, tem pela frente o percurso mais longo destes dias de visita. São cerca de 16 quilómetros com sete horas previstas de duração. A caminhada vai iniciar-se em Padrão e passará depois por várias localidades, em que vai ter a oportunidade de ver casas típicas da região, cavalos selvagens e gado.

No sábado, o Trilho das Bandas do Sistelo arranca na bonita aldeia que lhe dá nome, junto à nascente do Rio Vez. Aqui vai ver-se envolvido num ambiente que mistura as montanhas e os socalcos esverdeados com as águas calmas do Vez. Irá atravessar a Corga das Cavadas e subir a serra até à Branda das Lamelas. Porque o dia já irá longo, após dez quilómetros em cinco horas e um desnível de 790 metros, o melhor será descansar e aguardar pelo jantar de grupo servido com a gastronomia da terra.

Para o último dia prepare-se para conhecer um dos mais bonitos passadiços que Portugal tem para oferecer. Após o início do trilho em Sistelo e de passar pela aldeia de Tabarca e na casa do guarda florestal da sobreira, vai cruzar o rio. Aí o deslumbre é todo seu. A rodear os Passadiços do Vez o cenário torna-se indistinguível. Ao ritmo dos sons calmantes da natureza despede-se do último trilho e termina esta caminhada na agora conhecida aldeia do Sistelo.

Encontre mais informações sobre as caminhadas de Julho no considerado pequeno Tibete português no site online da Green Trekker, onde também se pode inscrever. O preço por pessoa em quarto duplo é de 300€. Já se for num quarto individual, o preço por pessoa é de 380€. Está incluído o hotel, jantar de grupo, os três passeios pedestres, um guia a acompanhar e um pequeno lanche (chá e bolachas) durante os passeios.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT