Ginásios e outdoor

A caminhada para explorar as Sete Lagoas do Xertelo, um dos tesouros do Gerês

O percurso de 12 quilómetros irá durar mais de 5 horas a concluir. As inscrições para o desafio já estão abertas.
As paisagens são de cortar a respiração.

O Gerês é, sem dúvida, um dos cenários idílicos do nosso País. É ali que se encontram alguns dos mais belos tesouros naturais do território nacional: tem lagoas, cascatas e rios quase desconhecidos e inexplorados. O Paque Nacional da Peneda-Gerês é até considerado uma das sete Maravilhas Naturais de Portugal na categoria Zonas Desprotegidas.

Se nunca teve a oportunidade de visitar esta região de paisagens deslumbrantes, tome nota: no dia 17 de março (um domingo) terá oportunidade de fazer uma caminhada para explorar as Sete Lagoas do Xertelo, “um trilho de beleza e aventura”, escreve a organizadora Green Trekker.

O percurso de 12 quilómetros tem início em Xertelo, junto ao Bar Sete Lagoas. Durante 5h30 terá oportunidade de subir ao longo da margem esquerda do rio Cabril. Junto aos Poços Verdes, atravessará a Corga do Sobroso, descendo pela margem direita do caudal. A iniciativa será acompanhada pelas íngremes penedias e os picos das montanhas do Gerês, como o Borrageiro, a Roca Alta ou a Surreira do Meio-Dia. Além das Sete Lagoas, também poderá observar a Cascata de Vila Nova, no Ribeiro do Penedo, o vertiginoso Poio das Cabras ou o Fojo do Lobo de Xertelo.

A caminhada tem início às 10 horas. Todos podem participar, desde que tenham mais do que 12 anos. “Para estas caminhadas é necessária experiência prévia em caminhada e os participantes devem estar em boa forma física. No percurso poderemos encontrar desníveis acentuados e terreno mais difícil em algumas zonas do percurso. A duração da caminhada poderá ser mais extensa, as distâncias a percorrer maiores e o ritmo imposto superior (menos paragens)”, alerta a organização.

As inscrições devem ser feitas online e têm o custo de 10€ por pessoa.

Carregue na galeria para descobrir outras 11 caminhadas que pode fazer até à primavera.

Áudio deste artigo

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT