Saúde

Alemanha passa a exigir testes à Covid-19 a viajantes de regiões de risco

A medida entra em vigor a partir deste sábado, 8 de agosto. Portugal, contudo, está fora da lista negra.
O país tem mais de 214 mil casos confirmados da doença.

A partir deste sábado, 8 de agosto, a Alemanha vai passar a exigir testes de diagnóstico ao novo coronavírus aos viajantes. A medida aplica-se àqueles que chegam de zonas consideradas de risco, de forma a evitar impor a quarentena obrigatória.

“Ou seja, quem regressar de uma área desse tipo deverá trazer um [teste com] resultado negativo com menos de 48 horas ou fazê-lo aqui”, disse o ministro da Saúde, Jens Spahn, esta quinta-feira, dia 6.

Até à data, explica o jornal alemão “The Local”, qualquer pessoa que regressasse de uma lista de zonas de risco, que inclui a maioria dos países fora da União Europeia, mas também três regiões espanholas — Aragão, Catalunha e Navarra — e, desde quarta-feira, a província belga de Antuérpia, era obrigada a passar por uma quarentena de 14 dias na Alemanha. 

“Estou muito ciente de que se trata de uma intromissão na liberdade do indivíduo, mas acho que é razoável. Liberdade nem sempre significa só liberdade, implica também responsabilidade”, referiu Spahn, acrescentando que os testes serão pagos pelo governo “por uma questão de solidariedade”.

Neste momento, a Alemanha soma 214.496 infetados, dos quais já recuperaram 195.137. Morreram 9180 pessoas devido à infeção por Covid-19 neste país.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT