Saúde

Alerta alergias: as concentrações de pólen vão estar muito elevadas nos próximos dias

As regiões do norte e centro do País vão ser as mais afetadas. Os alérgicos devem evitar atividades ao ar livre nestas zonas.
Vai ser assim até quinta-feira.

Espirros, comichão nos olhos e tosse seca. Se sofre de alergias, reconhece bem os sintomas e é provável que os comece a sentir nos próximos dias. Até à próxima quinta-feira, as regiões do norte e centro do continente vão estar com concentrações elevadas e muito elevadas de pólen na atmosfera.

O aviso é da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC). Em contrapartida, se vive ou está a passar férias no sul de Portugal continental ou no arquipélago da Madeira, não precisa de se preocupar: esperam-se níveis baixos de pólen no ar até 30 de junho.

Segundo a SPAIC, os pólens das ervas gramíneas e parietária vão predominar em todo o País nos próximos dias. Já na região de Lisboa e de Setúbal, o nível de pólen vai estar moderado e o risco está associado às ervas gramíneas e parietária e da árvore eucalipto.

O Porto é uma das cidades onde os níveis vão estar elevados, destacando-se os pólens das ervas gramíneas e parietária e da árvore castanheiro. Já na região de Trás-os-Montes e Alto Douro, juntam-se ainda os pólenes das ervas gramíneas, parietária e tanchagem, e das árvores oliveira e castanheiros. Os níveis estão igualmente elevados em Coimbra. 

Se é mais sensível a um destes pólenes, deve evitar atividades ao ar livre nas zonas onde as concentrações polínicas estão elevadas. Estas alergias podem sentir-se no aparelho respiratório (asma e rinite alérgica), nos olhos (conjuntivite alérgica) ou na pele (urticária e eczema). Se costuma sofrer com as alergias, fique a conhecer algumas dicas para combater os sintomas alérgicos. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT