Saúde

António Costa será o primeiro membro do Governo a ser vacinado

Restantes ministros e secretários de Estado vão ser divididos em duas fases.
Lista determina prioridades

Foi publicada esta quarta-feira, 27 de janeiro, a lista com a ordem pela qual os membros do Governo deverão ser vacinados contra a Covid-19. De acordo com o despacho publicado em Diário da República, o primeiro-ministro, António Costa, deverá ser o primeiro.

Numa primeira fase, serão vacinados o ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, a ministra da Saúde, Marta Temido, o ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes e o ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos.

Além destes, entram os ministros de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva e o ministro de Estado e das Finanças, João Leão.

A segunda fase deste plano de vacinação contará com os restantes ministros, os secretários de Estado dos ministros vacinados na primeira fase e ainda um secretário de Estado de cada um dos ministros vacinados nesta segunda fase. Numa terceira fase deverão ser vacinados contra a Covid-19 os restantes secretários de Estado.

No mesmo despacho é ainda pedido ao Presidente da República que indique os elementos do serviço da Presidência, os membros do Conselho de Estado e os representantes da República para as Regiões Autónomas que devem ser considerados prioritários. Ao Presidente da Assembleia da República é pedido que indique os deputados bem como os funcionários da AR que sejam essenciais ao seu funcionamento e ainda a outras autoridades ligadas à Justiça que indiquem os respetivos essenciais.

A hora e o local onde cada um destes elementos será vacinado vai ser determinada pela task force do Plano Nacional de Vacinação, “tendo em conta a disponibilidade semanal de vacinas, a vacinação dos demais grupos integrados nesta fase, e tendo em conta a priorização definida”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT