Saúde

Austrália vai produzir 85 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19

A produção começa em 2021 ao abrigo de um acordo multimilionário.
Há mais de 27 milhões de infetados em todo o mundo.

O primeiro-ministro australiano anunciou esta segunda-feira, 7 de setembro, que fechou um acordo que vai permitir que o país produza quase 85 milhões de doses de uma vacina contra o novo coronavírus. Para isso, dois testes promissores têm de ser bem sucedidos.

A Austrália vai produzir 84,8 milhões de doses da vacina que está a ser desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica britânica AstraZeneca, no Reino Unido, contra o novo coronavírus, a partir de 2021, ao abrigo de um acordo multimilionário, anunciou Scott Morrison.

O acordo significa 1,7 mil milhões de dólares (1,04 mil milhões de euros), que  à empresa australiana CSL fabricar uma grande parte das doses da vacina, além da versão que está a ser criada pela Universidade de Queensland, na Austrália.

Os 25 milhões de australianos poderiam começar a receber as doses a partir de janeiro, mas “não há garantias”, disse o primeiro-ministro, citado pela “BBC”. “No entanto, o acordo coloca a Austrália no topo da fila, se os nossos especialistas médicos derem luz verde às vacinas”, acrescentou.

A pandemia de Covid-19 já infetou mais de 27,1 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo os Estados Unidos, a Índia e o Brasil os países com mais casos confirmados. Já morreram 883 mil pessoas por causa desta infeção.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT