Saúde

Boris Johnson agradece a enfermeiro português que lhe salvou a vida

O primeiro ministro britânico partilhou um vídeo de agradecimento após ter alta do hospital este domingo, 12 de abril.
Tem 55 anos.

Foi com uma mensagem publicada no Twitter que o primeiro ministro britânico Boris Johnson resolveu agradecer a um enfermeiro português que ajudou a salvar-lhe a vida. O vídeo publicado na sua página de Twitter na tarde deste domingo, 12 de abril, elogia ainda os esforços do sistema nacional de saúde.

Depois de agradecer à equipa do hospital de St. Thomas, onde estava internado desde 5 de abril, disse: “Espero que não se importem que mencione dois enfermeiros em particular que ficaram ao lado da minha cama durante 48 horas, quando as coisas podiam ter dado para o torto”, começa por dizer aos 3 minutos e 24 segundos.

“São a Jenny, da Nova Zelândia, de Invercargill na Ilha Sul, para ser mais preciso, e Luís, de Portugal, de perto do Porto. A razão pela qual o meu corpo começou a receber oxigénio suficiente foi porque a cada segundo da noite eles observaram-me, pensaram, trataram e fizeram as intervenções de que precisava para sobreviver”, revela.

Aos 55 anos, Boris Johnson foi o primeiro líder mundial a ser diagnosticado com a Covid-19, a 26 de março, inicialmente com sintomas ligeiros, que se agravaram até ser internado numa unidade de cuidados intensivos na passada segunda-feira, onde permaneceu durante três dias.

Apesar de ter recebido oxigénio, não necessitou de apoio respiratório por ventilador. O primeiro ministro britânico teve alta do hospital este domingo de Páscoa, 12 de abril.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT