Saúde

Brasil com mais de meio milhão de mortos por Covid-19 (e a entrar numa nova vaga)

É o segundo país do mundo com mais mortes, depois dos Estados Unidos, e o terceiro com mais casos de infeção pelo novo coronavírus.
Trágico.

O Brasil ultrapassou este sábado, 19 de junho, a barreira dos 500 mil mortos por covid-19, depois de a média diária de mortos nos últimos sete dias ter subido para perto de dois mil óbitos. Os especialistas brasileiros acreditam que o país está a entrar numa terceira vaga da pandemia. 

Segundo o consórcio que efetua uma contabilidade paralela à do Ministério da Saúde brasileiro, o país totaliza agora 500.022 mortos e 17.822.659 infetados desde o início da pandemia. Estes números fazem do Brasil o segundo país do mundo com mais mortes por covid-19, depois dos Estados Unidos (601.500), e o terceiro com mais casos de infeção com o novo coronavírus, depois dos EUA (33,5 milhões) e da Índia (29,8 milhões).

Apesar destes números, o Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, voltou a afirmar esta semana que o contágio é mais eficaz do que a vacinação. Uma declaração que está a gerar uma onda de protestos no país, com várias acusações de genocídio contra o líder máximo brasileiro. 

Este sábado, 19 de junho, milhares de manifestantes juntaram-se em várias cidades brasileiras, a pedir a destituição de Jair Bolsonaro. Os grupos que convocaram as manifestações defendem também mais investimentos no Sistema Único de Saúde (SUS), nomeadamente de valores para a compra de consumíveis e equipamento hospitalares, a aceleração da vacinação contra a Covid-19 e o pagamento de um auxílio emergencial no valor de 600 reais (cerca de 100 euros) para as famílias pobres cujo rendimento foi severamente afetado pela pandemia.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT