Saúde

“Cancer I Love You”: morreu Irina Fernandes, a mulher que acreditou sempre no amor

A autora da famosa página de Instagram lutava contra um cancro de mama há mais de dois anos.
Tinha 38 anos.

Irina Fernandes, de 38 anos, morreu após mais de dois anos a lutar contra um cancro da mama. O anúncio foi feito esta madrugada, 23 de julho, na sua página de Instagram “Cancer I Love You” com uma publicação assinada pelo namorado.

“A Irina partiu. Fico eu, tu, ele, nós, vós, eles para contar o que vimos. E o que vimos foi um substantivo e um verbo. Que juntos fazem mais que uma frase. Fazem uma lei universal. Amor cura. O que eu vi foi uma pessoa curar-se e aos outros com amor. Foi o que eu vi. Ela curou-se. Curou-se mesmo. E seguiu para outro plano curada. Sem mágoa, sem cicatrizes, sem dor. Ela sabia. Tinha razão. Amor cura”, escreveu Rui, pai do filho de ambos, Santiago.

Quando recebeu o diagnóstico da doença, em 2020, Irina começou a descrever o seu dia-a-dia na página de Instagram criada para o efeito “Cancer I Love You”. Nas inúmeras publicações foi revelando abertamente quais eram os desafios de lutar contra a doença e como deixou as terapias convencionais, onde já não encontrava respostas de tratamento para optar por terapêuticas alternativas.

“Houve altos muito altos e baixos muito baixos. E tudo o resto. Sempre pautados por amor. O amor foi nos embalando, empurrando para tentar fazer o impossível”, descreveu Rui.

Irina foi ainda protagonista de uma série de reportagens que comoveu o País, “Amor Cura”, transmitida pela TVI.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT