Saúde

Caso de gripe das aves detetado em Portugal

Foi detetado em Palmela. O plano de contingência para a gripe das aves foi ativado de imediato.
O primeiro caso foi detetado em Palmela.

A Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) anunciou esta quinta-feira, 2 de dezembro, em comunicado, que foi detetado um caso de gripe das aves em Palmela (no distrito de Setúbal). Já entraram em vigor medidas de controlo desta doença veterinária e o plano de contingência foi ativado. Até ao momento, não foram identificados, nesta área, estabelecimentos industriais de criação de aves.

“O Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária confirmou que evento de mortalidade ocorrido numa capoeira doméstica no concelho de Palmela ocorreu devido a infeção por um vírus da gripe aviária do subtipo H5N1 de alta patogenicidade”, anunciou. O plano de contingência para a gripe das aves já foi ativado. 

A entidade relembrou que não há evidências de que a gripe das aves seja transmitida aos seres humanos através do consumo de alimentos: “Na origem da doença estará a regular migração de aves selvagens na Europa, provenientes da Ásia e do leste da Rússia, que têm permitido a circulação viral e a sua transmissão a longas distâncias.”

Referiu também que, ocasionalmente, algumas variantes deste vírus podem infetar outros animais, “nomeadamente mamíferos e também o ser humano, no entanto, para que tal aconteça, é necessário que haja um contacto muito estreito entre as aves infetadas e as pessoas ou entre estas aves e outros animais.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT