Saúde

Comer arroz com frequência pode ser tão prejudicial como comer doces todos os dias

A conclusão é de um estudo norte-americano que alerta para o consumo de grãos refinados, que têm um efeito igual ao do açúcar.
Não lhe escondemos nada.

Não é segredo que os doces não são os melhores amigos do organismo, mas acontece que o arroz pode ser igualmente perigoso. Sim, leu bem. Uma humilde colher de arroz pode não ser tão saudável para si como pensava. A descoberta foi revelada num novo estudo da American College of Cardiology, publicado esta segunda-feira, 3 de outubro.

Segundo a investigação, o arroz tem níveis semelhantes de açúcares e óleos saturados aos encontrados nos doces. E, por isso, pode ser igualmente mau para o coração. Para chegarem a esta conclusão, os investigadores analisaram os hábitos alimentares de 2.500 iranianos. Metade tinham historial de doença arterial coronária e os restantes não tinham qualquer patologia. Foi-lhes perguntado com que frequência comiam açúcares e alimentos refinados. As descobertas foram, no mínimo, surpreendentes.

Os alimentos que podem ser definidos como integrais ou refinados são constituídos por farinhas provenientes de misturas de grãos, sementes e cereais variados. O que distingue o tipo de farinhas e se estas são integrais ou refinadas é o seu processamento, que pode ser mais ou menos extenso. O arroz branco, por exemplo, é um grão refinado, o que significa que não tem um valor nutricional tão bom como o integral.

Isto reflete-se também nos efeitos de cada um no organismo. O estudo descobriu que os que consumiam grãos mais refinados tinham um risco mais elevado de doença coronária prematura (PCAD) — um problema comum àqueles que comem grandes quantidades de guloseimas.

O autor principal do estudo, Dr. Mohammad Amin Khajavi Gaskarei, afirmou: “Uma dieta que inclua o consumo de uma grande quantidade de grãos pouco saudáveis e refinados pode ser considerada semelhante a uma dieta que inclua muitos açúcares e óleos pouco saudáveis”.

Os grãos refinados, tal como o açúcar, são processados rapidamente pelo organismo, e isto aumenta a quantidade de açúcar no sangue depois de os consumir. Se isto acontecer com regularidade, pode danificar os vasos sanguíneos e o coração, e levar a uma acumulação de placa nas paredes das artérias — o que provoca doenças coronárias.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT