Saúde

Covid-19: obrigatoriedade de máscaras nos transportes públicos pode acabar em breve

Os critérios para o alivio das restrições que ainda estão em vigor foram atingidos.
Será o fim de uso da máscara?

O fim das máscaras pode estar, finalmente, à vista. Com o índice de transmissibilidade inferior a um e os números de internamento e mortes a baixar, neste momento, estão, como avança o jornal “Expresso”, “reunidos os requisitos propostos pelos peritos para avançar para uma nova etapa”. Três meses depois do uso de máscara ter deixado de ser obrigatório na maioria dos espaços públicos, o governo pode agora decidir deixar cair a obrigatoriedade de máscara nos transportes públicos.

De acordo com os dados conhecidos esta sexta-feira, 22 de julho, o País registou 107 mortes e mais 35.945 casos nos últimos dias. A mortalidade diminuiu, assim como o número de infeções e internamentos. Em comparação com a semana de 4 a 10 de julho de 2022, existe uma diminuição de mais de 12 mil casos. O mais recente relatório divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) diz respeito aos dados entre 12 e 18 de julho.

A incidência também é menor, cerca de 26 por cento. Está atualmente nos 349 casos por 100 mil habitantes a sete dias. Já o índice de transmissibilidade está nos 0,81. No que diz respeito à mortalidade, houve uma diminuição de 28 mortes em relação aos números conhecidos na última semana. Até 18 de julho, estavam internadas em Portugal 1.029 pessoas, menos 111 do que na semana anterior. Desse total, 49 encontravam-se em unidades de cuidados intensivos.

As metas estabelecidas pelos especialistas, em fevereiro, para que o País avance para a próxima etapa foram: atingir a meta das 20 mortes por milhão de habitantes a 14 dias e ter menos de 170 camas ocupadas em unidades de cuidados intensivos. Atualmente, apesar de se manter uma incidência elevada, a tendência da epidemia é decrescente, assim como o impacto nos internamentos e a mortalidade. Com as medidas necessárias reunidas, o alívio das restrições pode estar para breve.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT