Saúde

Covid-19: surto em lar de luxo no Porto provocou 16 mortes

Ao todo havia 29 utentes e 19 profissionais infetados com o novo coronavírus nas residências do Montepio.
O surto foi detetado no início do mês.

O surto de Covid-19 detetado no início de agosto nas residências de luxo do Montepio no Porto provocou um total de 16 mortes, diz o jornal “Público” esta terça-feira, 1 de setembro, citando dados da Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte. Neste momento ainda existem três pessoas internadas.

Uma fonte do Hospital de Santo António, que recebeu os doentes — todos os óbitos foram de pessoas com saúde debilitada — confirmou que todas as 16 vítimas vieram daquele lar. No total, houve 29 utentes infetados, o que significa que neste caso em particular houve uma taxa de letalidade de 55 por cento, embora mais de dois terços do total de utentes não tenha sido contagiado.

19 profissionais do lar também testaram positivo à Covid-19. Nesta residência de luxo, todos os utentes têm casa de banho privada e acompanhamento de médicos e enfermeiros durante 24 horas por dia. Quando o surto foi detetado, a ARS assegurou que todos os funcionários e utentes fossem testados. O “Público” diz ainda que em nenhum momento foi noticiado qualquer óbito.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT