Saúde

Covid-19: Vacinação em Lisboa passa a ser feita apenas nos centros da Ajuda e da FIL

Vai ser possível vacinar cerca de nove mil pessoas por dia no novo centro que abre já no dia 1 de dezembro.
Os utentes de Lisboa podem ser vacinados nos centros da Ajuda e da FIL (no Parque das Nações).

Lisboa vai receber o maior centro de vacinação do país em dezembro, no pavilhão 4 da Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações. Vai ser possível realizar até nove mil inoculações, nas 60 cabines de vacinação aqui disponíveis.

Os locais de inoculação do Picadeiro, Areeiro e Estádio Universitário de Lisboa vão encerrar. O posto da Ajuda permanecerá aberto.

O Centro de Vacinação do Picadeiro e do pavilhão 3 do Estádio Universitário de Lisboa vão funcionar até ao dia 28 de novembro. No dia seguinte fecha o centro de vacinação dos Serviços Sociais da Câmara Municipal de Lisboa. No dia 30 de novembro apenas estará em funcionamento o da Ajuda e no dia seguinte, 1 de dezembro, começa a vacinação no pavilhão 4 da FIL. A partir do dia 1 de dezembro, estes dois centros (FIL e Ajuda) funcionarão todos os dias, incluindo fins de semana e feriados, das 9 horas da manhã às 19 horas.

Segundo o presidente da Câmara de Lisboa, o novo espaço vai ter capacidade para “duplicar o número de vacinas” diárias. O pavilhão quatro foi o escolhido para albergar o novo projeto de combate à pandemia na capital: “Vamos chegar mais ou menos aos seis mil utentes e, se juntarmos a vacina da gripe, conseguimos chegar às nove mil pessoas por dia.”

Este novo centro de vacinação surge numa altura em que é urgente inocular os idosos com mais de 65 anos com a proteção extra contra a Covid-19. A vacina da gripe e a dose de reforço da Janssen são também uma prioridade da Direção-Geral da Saúde. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT