Saúde

De fadista a baby planner dos famosos. Isabel de Sousa ajuda os pais a “descomplicar”

Num momento de fragilidade a diretora de marketing encontrou um propósito. Agora, lançou um livro que desmitifica a parentalidade.
Tem três filhos e usa a própria experiência para ajudar os outros.

“Tinha acabado de entrar para o grupo de artistas no Clube de Fado, quando uma morte inesperada me fez repensar toda a carreira.” Em 2015, Isabel Costa de Sousa vivia para a música, algo que a apaixonava. Preparava-se para gravar o primeiro disco, com o guitarrista Diogo Clemente, quando a necessidade de comprar uma nova cadeira de automóvel para a filha Mercedes a fez mudar de vida. Tornou-se diretora de marketing de uma das maiores lojas de puericultura portuguesas e, este mês, lançou “Nada Nos Prepara para Sermos Pais”, o seu primeiro livro.

“Ainda editei o segundo disco, desta vez com Rodrigo Guedes de Carvalho e, apesar de fazer parte da família Universal, o fado passou para segundo plano.” A profissão de baby planner tomou a dianteira, uma ideia que surgiu após ajudar uma grande amiga, a atriz Inês Herédia (e a mulher Gabriela Sobral), a preparar o nascimento dos filhos gémeos.

“O desafio foi ajudá-las a criarem uma lista com todos os essenciais para os bebés, tendo em conta as dinâmicas familiares e as profissões de ambas. Como já era mãe e trabalhava numa loja de puericultura, conhecia o que havia no mercado e sabia o que vale realmente a pena”, conta à NiT, a empresária de 34 anos.

A carreira de Isabel foi sempre impulsionada por acasos. Há oito anos, tinha ido a uma das lojas preferidas à procura de uma cadeira de automóvel para a filha Mercedes, quando uma das funcionárias recebeu a notícia que o pai tinha morrido. “Ofereci-me para ajudar e ficar lá na loja para que ela pudesse sair. Fui ficando e acabei por me tornar parte da equipa — apaixonei-me pela área de puericultura”, explica.

Quando começou então a trabalhar na “100 por cento bebé” apercebeu-se que havia muitas dúvidas e muitas lacunas no mercado, que eram necessárias preencher. “Fui fazer formações. Comecei por uma de Segurança Rodoviária Infantil, porque a escolha de cadeiras para automóveis ainda suscitavam muitas dúvidas aos pais e depois fiz um curso sobre amamentação, que é um dos maiores desafios para as mães que querem e podem amamentar.”

O objetivo de Isabel era conseguir oferecer o máximo de ajuda possível a passar “da teoria à prática”, sobretudo na compra dos produtos de puericultura. “Como existe tanta coisa no mercado, comecei e a ler cada vez mais e a fazer mais formações com obstetras, enfermeiras e outros profissionais para perceber o que realmente funcionava, o que respeitava a fisionomia do bebé. Tudo para conseguir ajudar outras famílias.”

O que é uma baby planner?

Esta especialização e a ajuda que já dava às amigas levou-a a criar um conceito que até então era desconhecido em Portugal. “O baby planner, sobretudo no estrangeiro, estava muito associado ao planeamento de baby showers, de eventos relacionados com o nascimento. Quando pensei neste projeto queria algo diferente. Queria ajuda os pais a preparar a chegada do bebé, a entender quais são os produtos que precisam, consoante a sua rotina, a profissão e a disponibilidade financeira”, esclarece.

Em poucas palavras, Isabel Costa de Sousa é a pessoa que salva qualquer pai que fica perdido com a quantidade de informação e produtos que existem para os bebés. “Aquilo que faço é ajudar a escolher o melhor e o necessário, de forma personalizada a cada família. Sirvo para descomplicar”, explica.

O projeto Baby Planner foi criado “na fase mais frágil da minha vida”, no mês em que nasceu o segundo filho, o Eduardo, e depois de Isabel passar pela morte do pai. Desde 2022, que acompanha dezenas de famílias e de figuras públicas, como, por exemplo, Rita Pereira, Inês Herédia, Carolina Patrocínio, Helena Coelho, Jéssica Athayde, Cláudia Vieira ou Dino de Santiago, que procuravam os serviços. “Agora estamos disponíveis online para qualquer família que, a partir das 12 semanas de gestação, necessitem deste acompanhamento. Temos uma rede de profissionais de saúde disponíveis para ajudar — desde enfermeiros, a osteopatas ou profissionais do sono.”

Mas em que é que consiste este serviço? “Após o primeiro contacto é feita uma primeira entrevista onde procuro saber tudo sobre aquela família, o seu estilo de vida. Aí esclarecemos também quais os produtos que já têm, o que equacionam comprar em segunda mão e qual o orçamento disponível. Conforme as respostas construo um plano dividido em áreas de atuação com marcas, modelos e quantidades, mas com produtos que são sempre respeitadores do bebé, honestos e pensados para o dia a dia dos pais”, explica. “Depois do nascimento readapto o plano e faço o acompanhamento até o miúdo completar um ano.”

Há vários packs e os valores variam conforme a quantidade de consultas e a duração do acompanhamento. As consultas avulso custam 75€ e os preços dos packs começam nos 249€ e podem chegar aos 1.499€. “O pagamento pode ser feito por inteiro ou de forma faseada em duas, três, quatro ou seis vezes.”

Todo o conhecimento de Isabel está agora aglomerado no livro “Nada Nos Prepara para Sermos Pais”. “Costumo dizer que este é o meu quarto filho e surgiu como mais um desafio”, refere. Trata-se de um guia completo que ajuda os pais nos aspetos mais práticos que envolvem o nascimento de um bebé, como preparar o quarto, que roupas e acessórios devem comprar, o que levar para a maternidade, como lidar com a amamentação.

“Também aborda temas complexos e urgentes, como a saúde mental no período perinatal, a escolha do obstetra, o plano de parto, os desafios do pós-parto ou os mitos que destroem a autoestima das mulheres e a adaptação saudável de um casal a uma nova realidade.”

O livro foi lançado a 19 de outubro e encontra-se disponível nas livrarias por 17,90€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT