Saúde

Desde o início do desconfinamento já houve 47 surtos de Covid-19 em escolas

Só cerca de metade dos alunos estão ainda a ter aulas presenciais. Os dados são da Direção-Geral da Saúde.
São 703 mil crianças a ter ensino presencial de momento.

Desde o início do desconfinamento, já houve 47 surtos de Covid-19 em escolas portuguesas, revela esta quinta-feira, 8 de abril, o jornal “Público”, citando dados oficiais da Direção-Geral da Saúde (DGS), atualizados até segunda-feira, dia 5.

O número representa mais de metade dos surtos contabilizados na semana antes da suspensão das aulas, em janeiro. Na altura havia 78 surtos ativos. A diferença é que neste desconfinamento ainda só estão a ter aulas presenciais o 1.º ciclo, os estabelecimentos de educação pré-escolar e as creches, o que representa 45 por cento do total. São cerca de 703 mil crianças. 

Como as escolas estiveram encerradas durante a semana da Páscoa, os 47 surtos são o resultado de apenas duas semanas, entre 15 e 26 de março. Ao “Público”, o infecciologista António Silva Graça explica que a situação “não é alarmante”, tendo em conta as milhares de escolas a funcionar neste momento. Contudo, terão sido estes dados que levaram o primeiro-ministro, António Costa, a mostrar-se “preocupado” com a transmissão do novo coronavírus nas escolas, numa declaração na terça-feira, 6 de abril. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT