Saúde

DGS avança que será administrada uma vacina sazonal contra a Covid-19 no outono

O processo irá utilizar "todos os recursos, toda a logística e todo o planeamento" já existentes para inocular contra a gripe.
Vacinação pode ser alargada a outras faixas etárias.

O processo sazonal da vacinação contra a Covid-19 está a ser ultimado, avançou a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, esta sexta-feira, 3 de junho, em declarações no “Fórum TSF”.

“Está previsto que o Serviço Nacional de Saúde dê início a um processo sazonal semelhante àquele que fazemos com a gripe”, começou por dizer a responsável pela Direção-Geral da Saúde (DGS). A ideia é utilizar “todos os recursos, toda a logística, todo o planeamento” existentes para inocular contra a gripe.

“Esse plano, quer do ponto de vista científico, quer do ponto de vista logístico, está desenhado, agora os pormenores estão a ser afinados. Vai ser lançado no outono para que chegue às pessoas durante uma previsível onda, a sétima vaga desta pandemia, que poderá ocorrer no outono/inverno”, prevê.

A diretora-geral da Saúde levantou, igualmente, a possibilidade de alargar a nova dose sazonal a outras faixas etárias, além dos idosos, bem como a doentes crónicos e outros casos específicos.

Leia também sobre o estudo que concluiu que as vacinas da Pfizer e AstraZeneca contra a Covid-19 são menos eficazes em doentes oncológicos, sobretudo os diagnosticados com linfoma ou leucemia. Outro artigo que lhe pode interessar debruça-se sobre a nova sub-linhagem da Ómicron que está a emergir em Portugal. Nesta peça, contamos-lhe do comprimido, pelo qual Portugal continua à espera, que já é um sucesso nos EUA.

Descubra ainda o que já se sabe acerca das vacinas adaptadas às novas estirpes do coronavírus — devem chegar ao País em setembro — e acerca da investigação que concluiu que pessoas vacinadas e contraíram a doença estão mais protegidas face a formas mais graves da mesma.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT