Saúde

DGS vai fixar novas regras para testagem em escolas e empresas

A alteração deve-se à diminuição de casos diários da infeção por Covid-19.
Portugal tem mais de 800 mil casos confirmados da doença.

Numa altura em que o número de casos diários de Covid-19 em Portugal apresenta alguma estabilidade, a Direção-Geral da Saúde (DGS) prepara-se para fixar novas regras para testagem em escolas, empresas e prisões.

Em resposta ao jornal “Público”, a DGS afirma que, “em função da evolução da situação epidemiológica, vão ser consideradas incidências inferiores às que atualmente estão previstas na norma e que respondem melhor às necessidades de testagem para a fase atual e próximas fases da epidemia”.

Até à data, estava prevista a testagem a cada duas semanas nestes locais nas populações de concelhos com uma taxa de incidência de 480 novos casos por 100 mil habitantes. Porém, aparentemente, o valor vai baixar.

Além disso, de acordo com a mesma publicação, a nova estratégia inclui  alargamento do universo de pessoas a testar. A ideia será testar “doentes com suspeita de infeção por SARS-Cov-2” e “contactos de alto e baixo risco de um caso confirmado”.

“Testar, testar, testar” tem sido uma máxima da Direção-Geral da Saúde desde o início da pandemia. Só assim, garantem, será possível “limitar a propagação da Covid-19”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT