Saúde

Diabéticos com mais de 18 anos já podem agendar reforço da vacina contra a Covid-19

A DGS estima que a vacinação dos grupos de risco reduza em mais de 90 por cento o número de pessoas hospitalizadas.
Disponível através da modalidade "Casa Aberta".

O agendamento da dose de reforço contra a Covid-19 está disponível para pessoas com comorbilidades associadas e idade superior a 18 anos, através do sistema de senha digital na modalidade Casa Aberta. Depois, no dia da vacinação, os pacientes apenas precisam de apresentar uma declaração do respetivo médico assistente para comprovar que são portadores de doença crónica.

O documento deve incluir o número de registo na Ordem dos Médicos de quem a assina, bem como a data de nascimento e números de cartão de cidadão e de utente, informa a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP), em comunicado divulgado esta terça-feira, 18 de janeiro.

“Esta é mais uma vitória para todas as pessoas que vivem com diabetes. Tudo indica que existe um claro benefício no reforço da vacinação contra a Covid-19 em pessoas com comorbilidades associadas e a diabetes é precisamente uma das patologias que não podem ser descuradas”, alerta o presidente da APDP, José Manuel Boavida. E acrescenta: “Nesta fase, é crucial vacinar o mais rapidamente possível as pessoas que constituem grupos de alto risco e está nas mãos destas avançar com o agendamento”.

Segundo o parecer da Comissão Técnica de Vacinação contra a Covid-19 emitido pela Direção-Geral da Saúde, estima-se que a vacinação dos grupos de risco reduza em mais de 90 por cento o número de pessoas hospitalizadas, pressupondo-se uma adesão elevada por parte destes.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT