Saúde

Enfermeiros de todo o País vão estar em greve durante quatro dias

Os profissionais de saúde iniciam as paralisações esta quinta-feira, 17 de novembro.
Já foram apresentadas exigências ao ministério da Saúde.

Os enfermeiros de todo o país estão em greve esta quinta-feira, dia 17 de novembro. Trata-se da primeira paralisação das várias convocadas para este mês pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses.

A área da enfermagem junta-se assim às reivindicações da restante função pública, que agendou uma greve para sexta-feira, 18 de novembro. Além desta data, os profissionais de saúde não vão trabalhar  nos dias 22 e 23 de novembro, entre as 8 horas e a meia-noite.

“O Ministério da Saúde continua a não assumir claramente o pagamento de retroativos desde 2018 e a não corrigir as injustiças relativas. Não há qualquer justificação para que o ministério não assuma claramente isto” diz José Carlos Martins, presidente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, citado pela “Lusa”.

Em causa, está também um documento que foi entregue à secretaria do ministério na Saúde, na manhã de quarta-feira, que solicita a continuar as negociações com o governo. O pedido inclui a paridade salarial com outros técnicos da função pública, assim como alterações na contagem dos pontos para progressão na carreira. Os enfermeiros exigem o descongelamento da progressão salarial, que prejudica os profissionais com mais anos de carreira.

“Esperamos que os enfermeiros manifestem o seu sentimento de injustiça fase a estas não-clarificações e não resoluções, e a esta discriminação por parte do ministério da Saúde”, acrescenta. Caso não exista resposta por parte do ministério, podem vir a realizar-se mais greves.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT