Saúde

Autoridades francesas alertam para identificação de falhas na eficácia da vacina Janssen

Análise da autoridade do medicamento francesa alerta para possibilidade de não ser tão eficaz quanto outras vacinas.
Vacinação em Portugal começou a 27 de dezembro.

Dados apresentados pela ANSM — Agência do Medicamento francesa — dão conta de “um número significativo de casos de falha da vacina Janssen” entre internados nos intensivos com Covid-19. Agência fala mesmo em “sobrerrepresentação”, pedindo mais estudos sobre eficácia da vacina.

Números de que a revista francesa “Capital” dá conta focam-se em particular em dois hospitais analisados, Marselha e Tours. A vacina da Janssen, recorde-se, é a única de dose única na Europa.

Desde abril, foram administradas em França cerca de um milhão de doses da vacina criada pela Johnson & Johnson. Entre os vacinados com a Janssen, foram assinalados 32 casos de infeção com Covid-19 — uma incidência de 3,78 casos em cada 100.000 pessoas.

Em termos de internamento, não há dúvida de que a Janssen supera a ausência de vacina, quando falamos de prevenção de risco de morte. Mas a expectativa da ANSM seria estar mais próxima da eficácia de outras vacinas, como a da Moderna e a da Pfizer. Dos 32 casos de infetados com Covid-19 que tomaram a vacina de dose única, 29 eram graves, tendo-se registado ainda quatro mortes (de pessoas com idades entre 73 e 87 anos). Em todos os casos graves havia comorbidades.

Nos hospitais de Marselha e Tours, esse “número significativo” traduziu-se numa maior proporção de casos nos intensivos devido à Covid-19. Em Marselha, quatro em sete doentes vacinados nos cuidados intensivos tinham levado a Janssen. Em Tours, a proporção era de três em seis.

Apesar das melhorias globais no número de casos graves, há países que já avançaram para a toma da terceira dose de vacinas existentes. No caso da Janssen, há especialistas que defendem uma dose de reforço, que poderia até ser dada com uma das outras vacinas autorizadas pela Agência Europeia do Medicamento.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT