Saúde

Especialista alerta: máscaras e distanciamento podem manter-se durante anos

É o que diz Mary Ramsay, responsável do programa de vacinação do Reino Unido.
Os especialistas revelaram as suas opiniões.

Há cerca de um ano que a máscara de proteção individual passou a fazer parte do dia a dia dos portugueses, assim como da restante população mundial. O distanciamento é também o novo normal. Por quanto tempo? A responsável do programa de vacinação do Reino Unido, Mary Ramsay, acredita que estas medidas podem manter-se durante alguns anos.

Em entrevista à “BBC”, este domingo, 21 de março, a epidemiologista, que faz também parte da Public Health England (agência de saúde pública britânica), fez as declarações. “As pessoas já se acostumaram a este tipo de restrições e podem continuar a viver com elas”, referiu a especialista. 

“Acredito que essas medidas se prolonguem durante alguns anos, pelo menos até que outras partes do mundo estejam tão bem vacinadas quanto nós [Reino Unido], e com os números mais reduzidos também. Só aí poderemos voltar gradualmente a uma situação mais normal”, continuou.

Mary Ramsay mencionou, ainda, que há muito trabalho pela frente antes de estas restrições serem levantadas e de se poder viver aquilo que era o pré-pandemia.

O professor Chris Whitty, principal conselheiro médico do governo do Reino Unido, disse ao parlamento no início deste mês que se espera que “intervenções simples como lavar as mãos, máscaras quando apropriado, teste e rastreamento e, acima de tudo, vacinas” consigam manter o vírus controlado além do verão.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT