Saúde

Especialista diz que Lisboa já está numa quarta vaga de Covid-19

A região concentra já cerca de 70 por cento dos novos casos. O controlo da situação, para os investigadores, passa por "manter a região no mesmo nível de desconfiamento, pelo menos, mais um mês."
O índice de transmissão na capital continua em subida.

Henrique Oliveira, investigador do Instituto Superior Técnico (IST), disse esta quarta-feira, dia 16 de junho, em declarações à SIC Notícias, que a região de Lisboa e Vale do Tejo está já a enfrentar uma quarta vaga da pandemia. O alerta surge depois do aumento significativo do número de novas infeções por Covid-19 na na capital que, de acordo com os últimos dados, concentra cerca de 70 por cento dos casos registados em todo o País.

O investigador reforçou ainda que “a variante Delta se vai tornar dominante em Lisboa muito rapidamente”, sendo de extrema importância reduzir os contactos, uma vez que de acordo com o especialista “é uma variante 60 por cento mais contagiosa”. “O problema é que Lisboa, sendo a capital, estabelece contactos com todas as regiões, nomeadamente em período de lazer. Temos de ter o cuidado de controlar ao máximo o número de contactos porque estamos de facto numa quarta vaga”, acrescentou.

Perante estas declarações, para o grupo de especialistas do IST “é preciso acelerar a vacinação na região de Lisboa e Vale do Tejo e manter a região no mesmo nível de desconfiamento, pelo menos, mais um mês.”

Recorde-se que está previsto para esta quinta-feira mais uma reunião do Conselho de Ministros, onde será reavaliada a evolução da situação nos concelhos em risco. O primeiro-ministro português já garantiu que Lisboa recuará no desconfinamento, no caso de continuar com registos elevados de novos casos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT