Saúde

Esta aplicação promete tornar a sua vida mais feliz — e custa menos do que ir ao ginásio

Chama-se Headspace e foi criada por um monge budista tibetano. Tem opções para aliviar o stress, para dormir melhor e para se focar.
Também devemos cuidar da saúde mental.

A saúde mental é um assunto cada vez mais falado na nossa sociedade. Se antes os problemas mentais eram tabu, atualmente somos incentivados a discuti-los. Distúrbios de ansiedade e outros tipos de problemas mentais têm vindo a aumentar com o passar dos anos, e esta conversa já não podia, então, ser ignorada.

Embora a Internet possa ser uma das maiores fontes de stress nas pessoas, é também para onde se viram quando se veem confrontados com um problema. Existem vários aplicações que nos ajudam a lidar melhor com os horários de sono, ensinam-nos a meditar, e a ter uma vida mais feliz no geral.

A aplicação que a NiT lhe traz hoje tem isto tudo. O seu sucesso no País, e fora dele, é tanto, que a aplicação já originou até uma série na Netflix. Caso ainda não tenha percebido, falamos-lhe de Headspace, que está disponível tanto para iPhone como para Android.

O monge budista que criou a aplicação

A história por detrás da aplicação é tudo menos banal. Andy Puddicombe, o criador, é especialista em meditação e atenção plena. Trabalha simultaneamente como apresentador e escritor. É mais conhecido, no entanto, pela sua voz. Porquê? Porque é ele que guia todas as meditações de Headspace.

Quanto tinha cerca de 20 anos, no meio do curso de Ciências do Desporto, Andy Puddicombe tomou a inesperada decisão de ir para os Himalaias para estudar meditação. Foi ali que começou uma jornada de dez anos, onde viajou à volta do mundo, até ser ordenado como monge budista tibetano, no norte da Índia.

O seu regresso à vida do século XXI não foi menos caricata que a sua passagem para o budismo. Em 2004, o monge decidiu voltar para Londres, onde se formou em artes circenses no Conservatório de Dança e Drama. Foi ali que começou a criar alguns planos que, no futuro, acabaram por se tornar na Headspace.

Atualmente mora em Venice, na Califórnia, com a mulher e o filho. Tem três livros traduzidos para dez idiomas e disponíveis em 25 países diferentes, incluindo Portugal.

A aplicação

A Headspace começou em 2006, e surgiu de uma necessidade de combater a dificuldade que era para os jovens adquirirem apoio à saúde mental. 

“Com um foco numa intervenção precoce, trabalhamos com pessoas jovens para oferecer apoio numa fase crucial das suas vidas — para os ajudar a voltar ao caminho certo e fortalecer a capacidade de gerirem a saúde mental no futuro”, lê-se no site da aplicação.

Ao criarmos conta na aplicação somos recebidos com uma pergunta: “No que é que estás a pensar?” Podemos escolher entre quatro opções de objetivos — controlar o stress, dormir profundamente, experimentar algo novo e manter o foco.

A aplicação não é gratuita, mas, anualmente, acaba por custar muito menos do que andar num ginásio. Afinal de contas, também a saúde mental é importante para uma boa vida.

Existe uma opção mensal, onde paga 12,99€ por mês, e uma opção anual, onde paga, no total, 57,99€ (por mês paga apenas 4,99€).

Dentro da aplicação existem cinco páginas: “Today”, onde há as recomendações de coisas novas para fazer durante o dia; “Meditate”, onde podemos ver e seguir várias meditações; “Sleep”, que é ideal para ouvirmos antes de dormir, visto que relaxa e limpa a mente; “Focus”, onde encontramos músicas para nos manterem focados nos estudos e nos trabalhos e “Move”, que combina o alívio de stress e o exercício físico.

A série na Netflix

O sucesso da aplicação era tanto, que decidiram torná-la numa série da Netflix. Bem, na verdade criaram duas séries e um curtíssimo filme interativo, de 15 minutos.

Em “Guia Headspace Para a Indução do Sono” são desmitificadas várias ideias erradas relacionadas com o sono. Este projeto explica-nos ainda como podemos dormir melhor. No fim, dão-nos um exercício de relaxamento.

“Guia Headspace Para a Meditação” é aquela indicada para os iniciantes da meditação. Aqui, são oferecidas técnicas e sessões guiadas para os primeiros passos nesta prática. 

O último projeto da aplicação chama-se “Guia Headspace Para Relaxar a Mente”. Aqui, os utilizadores podem personalizar a experiência de acordo com o seu humor ou estado mental atual.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT