Saúde

Correr com sapatilhas de ponta curva pode aumentar o risco de lesão

Ainda assim, são necessários estudos mais profundos para perceber que tipo de problemas podem provocar no futuro.
Vai precisar de ter mais cuidado.

Ainda que haja muitos modelos parecidos, cada modelo de sapatos é único e com caraterísticas próprias. Há vários sapatos e sapatilhas que têm a ponta curva na frente, e que parecem mais confortáveis, mas que afinal podem fazer mal à saúde. Pelos vistos, estes modelos podem enfraquecer os músculos do pé e aumentar o risco de lesão, isto de acordo com um estudo de uma universidade de Alemanha. 

A curvatura, também conhecida como ponta curva, é muito comum em modelos de corrida. Na prática, ela ajuda que a parte da frente do pé vá para a frente enquanto se corre ou caminha, aumentando o conforto da sola das sapatilhas. Ainda assim, o efeito deste tipo não tinha sido devidamente estudado.

Os investigadores alemães utilizaram câmaras e sensores para medir a força nos pés de 13 voluntários, enquanto andavam descalços ou com vários modelos de sapatilhas com esta ponta. A conclusão a que chegaram foi a de que quanto mais curvada for a ponta de cima do sapato, menos força o pé vai precisar de fazer no chão cada vez que der um passo. Isto é, os investigadores concluem que os músculos fazem menos esforço e, ao longo do tempo, a diferença vai acumulando, utilizando o critério de que uma pessoa comum que viva num país industrializado dá a 4 a 6 mil passos por dia.  

“Achamos que é por isso que estes modelos são tão confortáveis”, disse Schting, cuja pesquisa foi publicada no Scientific Reports e citada pelo “The Guardian“. Ainda assim, o estudo não revelou qual o impacto a longo prazo destas pontas curvas, mas o investigador crê que isso significa que os músculos vão ficar mais fracos, podendo provocar lesões futuras. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT