Saúde

Covid-19: Federação Portuguesa do Pulmão pede regresso das máscaras e teletrabalho

As medidas podem inverter a tendência crescente de novos casos de Covid-19 em Portugal, consideram os especialistas.
Os especialistas defendem o regresso ao teletrabalho.

A Federação Portuguesa do Pulmão (FPP) defende que o regresso do uso obrigatório de máscaras pode inverter uma 5.ª vagano País. 

Numa carta enviada esta terça-feira, 16 de novembro, à ministra da Saúde e à Direção-Geral da Saúde (DGS), a federação de especialistas em doenças do pulmão considera que a situação epidemiológica da  “é de novo geradora de preocupação.” Segundo a Federação, para inverter o crescimento da pandemia é necessário que voltem a tornar obrigatório o uso de máscaras de proteção facial, não só no interior, como também no exterior.

“Na nossa opinião estas medidas já deviam ter sido adotadas. Os gráficos mostram que a situação da Covid-19 em Portugal está a degradar-se e vai continuar assim pelo menos mais duas semanas. Nesta altura não se devem estar a discutir cenários, mas sim a aplicar medidas”, disse à Lusa o vice-presidente da Federação Portuguesa do Pulmão (FPP), o pneumologista Jaime Pina, citado no “Correio da Manhã”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT